Oeste da Bahia: Ibama apreende madeira ilegal em Serra Dourada

Publicada em 10/04/2018 às 07:56

 

Por Nilma Gonçalves

Teve início nesta segunda-feira, na região Oeste da Bahia, a etapa 42 do programa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), operação coordenada pelo Ministério Público (MP) da Bahia, através do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco (Nusf), em parceria com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, e em conjunto com mais de 30 órgãos estaduais e federais, num total de 220 agentes. A força-tarefa fiscaliza as cidades banhadas pelo Velho Chico e localidades vizinhas, com o objetivo de evitar atividades de degradação no rio considerado da integração nacional. No primeiro dia de ações, o Ibama apreendeu, em uma cerâmica no município de Serra Dourada, 50,5 m³ de toras de angico, que equivalem a três caminhões cheios de madeira nativa. Foi aplicada uma multa no valor de R$ 15.150,00 ao proprietário da cerâmica. A FPI continua nos próximos dias. Mais de 10 municípios da região de Santa Maria da Vitória estão sendo fiscalizados.

2 Comentários

  1. nelio disse:

    O velho chico está acabando aos poucos, portanto, a fiscalização do IBAMA, não pode e nem deve ser um instrumento de momento, defender o meio ambiental é como se fosse defender a própria vida humana, que todos os dias necessitamos, do ar, da água, das florestas, das nascentes, da fauna e flora, para que todo o ecossistema ambiental,possa permanecer em equilíbrio, até porque, a degradação ambiental é um processo criminoso que prejudica sensivelmente toda a sociedade.

  2. Fátima Conceição Domiense disse:

    É isso mesmo vamos proteger o nosso velho Chico parabéns fico muito feliz em saber que o Ibama e outros órgãos públicos da fazendo para salvar o nosso Rio lindo

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br