Governador eleito, Rui Costa, diz que vai extinguir secretarias

Publicada em 27/10/2014 às 16:16

Fonte Correio da Bahia

Rui Costa (PT), governador baiano eleito, anunciou, ontem, 26, que pretende enxugar o número de secretarias em sua gestão. Amanhã, ele anuncia uma equipe técnica de transição que vai preparar, durante os primeiros 15 dias de novembro, um prognóstico que vai permitir decidir como ficará a administração estadual após o dia 1º de janeiro.

“Essa equipe técnica vai preparar proposições e alternativas de mudanças na gestão do governo. Vou alterar a estrutura administrativa do governo em várias áreas, inclusive com redução de secretarias e vou pedir para preparar alternativas e opções e decido isso por volta do dia 20 de novembro”, afirmou Rui, ontem à noite, no Palácio de Ondina, onde comemorou a reeleição da presidente Dilma com o governador Jaques Wagner, família e correligionários.

Pelo menos até o início de dezembro, Wagner deve enviar para a Assembleia a nova estrutura. Rui não quis detalhar quais pastas podem ser suprimidas, mas adiantou que sua gestão deve priorizar a atuação na área da saúde.

“Tive oportunidade até de conversar com a presidenta Dilma que o que toca mais fundo no coração dos baianos é a questão da saúde. É a área que devemos fazer uma grande mudança”, disse.

Rui lembrou que sua experiência no governo Wagner – assumiu as pastas de Relações Institucionais (2007/10) e Casa Civil (2011/14) – ajudará nas mudanças. “As mudanças vão otimizar recurso e tornar o governo mais ágil e menos burocrático”.

Entre os dias 1º e 10 de dezembro se comprometeu a divulgar o secretariado. Após retornar das férias, previstas para começar na quinta-feira, Rui vai conversar com os partidos que formaram sua coligação (PT, PP, PSD, PDT, PR, PC do B, PTB, PMN) sobre a participação destes no seu governo.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br