Adolescente acusa vereador de participar de estupro coletivo

Publicada em 19/11/2014 às 14:14

Fonte A Tarde On Line

A adolescente de 17 anos, vítima de um suposto estupro coletivo em Goiás, disse que o vereador Jean de Castro (DEM), um dos acusados de cometer o crime, ficou com medo de ser flagrado. De acordo com ela, o parlamentar temia que a namorada chegasse durante o ato sexual.

O crime teria sido cometido durante uma festa na casa do irmão do vereador, o comerciante Leandro Castro, 32 anos, com quem a jovem mantinha um relacionamento. A adolescente disse que estava no evento quando foi para o quarto com Leandro, onde manteve relações sexuais com o rapaz.

A jovem disse que foi surpreendida depois com a entrada dos outros quatro acusados no quarto, entre eles o vereador. Segundo o relato dela, ela pediu para sair do cômodo, mas eles não deixaram. Após o crime, ela foi retirada do imóvel por um amigo de Leandro.

A adolescente suspeita que o crime foi premeditado, pois ouviu os acusados falando em manter um esquema. Ela prestou queixa na polícia. Leandro e Jean negam o crime. Os demais acusados não se pronunciaram.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br