Se a moda pega: Agência do BB é interditada por descumprir ‘Lei dos 15 minutos’

Publicada em 27/11/2014 às 15:14

Fonte Correio da Bahia

Uma agência do Banco do Brasil localizada na avenida Sete foi interditada na manhã desta quinta-feira, 27, em Salvador. De acordo com a Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon), o banco descumpriu a “Lei dos 15 minutos” para atendimentos.

Desde 2005, a agência, instalada próximo ao Mosteiro do São Bento, acumula sete autos de infração. A lei prevê que a partir da quinta reincidência, o banco deve ser interditado.

Na ocasião, também foram identificadas outras irregularidades no estabelecimento, a exemplo da ausência de alvará de funcionamento e de licença para publicidade.

Para a reabertura do banco, a gerência terá de regularizar a situação junto à Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), órgão responsável pela liberação do alvará de funcionamento do estabelecimentos. Já para as notificações realizadas pela Sucom, a agência tem o prazo de até dez dias para apresentar defesa sobre o caso.

A interdição da agência faz parte da operação “Cronômetro”, realizada em regime de flagrante, e que conta com o acompanhada da Guarda Municipal e da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom).

3 Comentários

  1. Erasmo Lima da Silva disse:

    Isso é bom que aconteça aqui em Santa Maria da Vitória, pois não só o Banco do Brasil, como o Correio, os demais bancos fazem com o povo o maior descaso tanto da informação, como também na demora da fila, você chega no orgão as 10:00hs para sacar dinheiro ou pagar alguma duplicata e fica duas a três horas na fila para ser atendido.
    Os cincos caixas eletrônicos do Banco do Brasil no domingo e feriados ficam sem nenhum dinheiro, agente precisa sacar dinheiro que por sinal é nosso e o banco deixa os caixas sem dinheiro, fica parecendo que agente está pedindo favor.

  2. Itapuan Cunha disse:

    Em Barreiras, que conta com lei idêntica, nunca, jamais, em tempo algum, qualquer agência bancária foi sequer advertida. Não sabemos as razões, mas o povo deve exercer seu protesto junto às autoridades.
    É inadmissível que os Bancos continuem a fustigar a paciência dos seus clientes, com demoras de até três horas, conforme vários testemunhas dos prejudicados.

  3. JOSEMAR QUEIROZ DOS SANTOS disse:

    gostei muito, os bancos ganham rios de dinheiro dos correntistas e usuários e não tem nenhum respeito pelo cliente.

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br