Lavrador morre na Bahia depois de morder cabeça de cobra coral
  • Compartilhe:

Um lavrador morreu por conta de uma picada de uma cobra coral depois de morder o animal. O caso foi em Vitória da Conquista, sudoeste do estado, na última sexta-feira. Edilson Bispo Souza, 45 anos, estava bebendo quando viu a cobra e resolveu capturá-la.

cobra

Fonte Correio da Bahia | Foto Blitz Conquista

Um lavrador morreu por conta de uma picada de uma cobra coral depois de morder o animal. O caso foi em Vitória da Conquista, sudoeste do estado, na última sexta-feira. Edilson Bispo Souza, 45 anos, estava bebendo quando viu a cobra e resolveu capturá-la.

Segundo o delegado Marcos Vinicius Moraes, coordenador 10ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin/Vitória da Conquista), o lavrador tentou primeiro matar o animal com as mãos. “Não conseguiu, foi picado, e, no momento de revolta, mordeu a cabeça do bicho. Ninguém teve como impedir”, explicou.

Depois de ser mordido, o lavrador ainda voltou para casa, tomou banho e depois retornou ao bar. Ele foi encontrado morto no local na manhã do dia seguinte, na escada de acesso, por outros frequentadores do bar. A cobra também morreu.

O corpo de Edilson foi liberado ainda no sábado, quando foi sepultado. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) não confirmou a causa da morte e diz que aguarda o laudo ficar pronto.

Jornal Nova Fronteira