Da academia pra casa: saiba em que situações do dia a dia o circuito funcional pode colaborar

Publicada em 02/10/2014 às 11:07

academia

Por Karina Mendonça

Fazer exercícios em um circuito funcional vai muito além do emagrecimento. Isso porque este tipo de treino trabalha movimentos do cotidiano para recrutar a musculatura mais profunda do corpo, além da superficial, assim a aluna também sentirá mudanças no desempenho de sua rotina diária.

Segundo a coordenadora técnica de uma das unidades da Contours, academia para mulheres, Rafaela Magalhães, os exercícios podem auxiliar nas situações mais simples do dia a dia, como ganhar mais fôlego para subir uma escada. “As alunas sempre falam sobre as diferença que começam a sentir nas atividades rotineiras, após o inicio do circuito. Tem aquela mãe que precisa de pique após o expediente de trabalho para brincar com os filhos, a jovem que não tinha fôlego para subir uma ladeira ou a mulher que não tinha disposição para sair. São vários os exemplos de melhora”.

Isso acontece porque a cada momento dos 30 minutos de circuito, uma parte do corpo é trabalhada. São 16 estações que incluem exercícios aeróbicos e anaeróbicos (musculares), sem pausas, a não ser que elas façam parte do treinamento programado. Rafaela explica que para cada aluna são traçados objetivos diferentes, de acordo com a necessidade de cada uma, mas que há muitos benefícios em comum. “Tem aluna que tem como foco emagrecer, já outras querem ganhar massa muscular, porém tem algumas vantagens que se encaixam para todas, como o ganho de equilíbrio, postura, força e definição muscular”.

A técnica da Contours listou as situações mais comuns de melhoras em situações do dia a dia, de acordo com o relato de alunas:

– Segundo Rafaela para muitas mães é difícil ter pique para brincar com os filhos após um longo dia de expediente devido ao cansaço, e o circuito tem sido uma opção de muitas mulheres com este perfil. “São apenas 30 minutos por dia, que resultam em um aumento de disposição para diversas tarefas. Ouvimos relatos de algumas mães que passaram a curtir mais a presença dos filhos depois que iniciaram o circuito”.

– Outra situação muito comum são as dores no corpo por falta de postura. Os alongamentos realizados dentro do circuito funcional auxiliam na correção da postura, e consequentemente, elimina as dores.

– A falta de ar após correr, subir escadas e ladeiras é algo comum em pessoas que não se exercitam. Quando a mulher inicia o circuito, ela passa a praticar exercícios durante 30 minutos, sem pausa, o que estimula a função cardiorrespiratória, auxiliando em uma melhor respiração.

– Carregar malas, sacolas e caixas pesadas também costumam ser um problema, mas quando a mulher inicia o circuito ela desenvolve força muscular, flexibilidade e equilíbrio, são funções que podem ajudar nessas atividades.

“Praticando o circuito de 3 a 4 vezes por semana, a aluna conseguirá atingir objetivos dos mais variados e conseguirá sentir diferenças logo nas primeiras semanas de aula”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br