Secretariado de Rui pode não sair nesta sexta-feira; governador ainda faz ajustes na equipe

Publicada em 12/12/2014 às 08:48

rui

Fonte Bahia Notícias | Foto Jamile Amine

Esperado para acontecer nesta sexta-feira, 12, o anúncio do secretariado do governador Rui Costa (PT) pode ser adiado mais uma vez – inicialmente os nomes seriam divulgados no dia 10.

Segundo interlocutores próximos ao futuro chefe do Executivo baiano, alguns ajustes estão em fase de finalização e Rui prefere não bater o martelo sobre os nomes que irão compor o primeiro escalão estadual. Nos bastidores, no entanto, muitos nomes circulam como apostas certas para determinadas pastas, apesar do próprio Rui sugerir que qualquer indicação que não tenha partido dele trata-se de especulação. A bolsa de apostas, todavia, contraria o governador. O coordenador da transição, Manoel Vitório, é o mais provável a ter cadeira no governo: permaneceria na Fazenda, após estabilizar as finanças do governo Jaques Wagner. Outro nome a permanecer no secretariado seria o de Marcus Cavalcanti, na Secretaria de Infraestrutura, sob o aval do senador eleito Otto Alencar (PSD).

O ex-companheiro de Rui desde os tempos de Sindiquímica, Carlos Martins, estaria carimbado para figurar no primeiro escalão. A pasta considerada mais provável é a Administração. Para a Saúde, o cardiologista Fábio Vilas Boas é o mais próximo de ser confirmado no comando da pasta. Já o jornalista André Curvello, responsável pela assessoria da campanha de Rui, passaria a responder pela Comunicação. Outros dois nomes são citados junto com os respectivos destinos: o progressista Roberto Muniz comandaria o Planejamento e o petista Josias Gomes seria o primeiro titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural – Gomes chegou a ser cogitado para a Agricultura, porém teria sido realocado para a nova pasta. A Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) teve nomes como do deputado federal Nelson Pelegrino cogitado, porém, assim como nos demais casos, não há confirmação. Na Casa Civil, o provável titular deve ser o atual chefe de gabinete da Seinfra, Bruno Dauster.

Redação JNF: O nome de Jusmari Oliveira, que está sendo ventilado no meio político regional para assumir a Secretaria de Agricultura é pouco lembrado pelos políticos do litoral. Independente de quem assuma a Seagri, o importante que seja alguém do Oeste da Bahia, principal região produtora de commodities agrícolas do Estado. A dificuldade em nomear representantes da região é a falta de votos no Oeste.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br