Perigoso fugitivo da Justiça do Ceará é preso em Barreiras

Publicada em 19/08/2016 às 16:05

preso

Fonte portal aloalosalomao.com.br

Em operação conjunta entre Polícia Civil, Militar, Rodoviária Federal e Guarda Municipal de Barreiras, Oeste da Bahia, foi preso um dos fugitivos da Justiça mais procurados do estado do Ceará. Ele estava foragido desde 16 de janeiro de 2015. A captura aconteceu na Rua Presidente João Figueiredo, bar do Genas, bairro Bandeirantes, por volta das 19h desta quarta-feira, 17.

De acordo com Informações do site da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará, Francisco Osivaldo da Silva Sousa, 29 anos, responde a dois procedimentos por roubo e possuía três mandados de prisão em aberto por homicídio. Ainda segundo a polícia, o criminoso gerenciava uma quadrilha acusada de cometer homicídios, realizar tráfico de drogas e assaltos a instituições financeiras no Estado. Eles atuavam na região do Vale do Jaguaribe, na Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10) do Estado.

Os agentes investigadores da Polícia Civil descreveram em ocorrência policial, que Francisco e outro elemento estavam rondando pelo bairro em atitude suspeita.

Em 04 de fevereiro de 2015, o infrator foi preso em um condomínio situado na Rodovia CE 065, Km 11, no município de Maracanaú, com dois revólveres de calibre 38 municiados, dois carros – um Siena de placas HYK 8036 e um Pálio HYW 0272 -, o valor de 10 mil e 200 reais em espécie e 900 reais em cheques, além de um documento de identidade falsificado. Foi preso em companhia de outro indivíduo.

A dupla foi encaminhada para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), e terminou autuada em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Também autuaram Osivaldo por uso de documento falso, por haver apresentado identidade falsificada.

Histórico e investigações

A organização, que é gerenciada por Williame Diógenes e Francisco Osivaldo, atua na região do Vale do Jaguaribe e é investigada por envolvimento em mais de 50 homicídios ocorridos na região.

O grupo era chefiado por José Delano Diógenes, que responde por homicídio, três roubos, porte ilegal de arma de fogo e é familiar de Williame. Delano foi preso em junho de 2014 em Natal, no Rio Grande do Norte. Posteriormente, recambiado para o Ceará. Após a prisão de Delano, Williame e Osivaldo assumiram a liderança do grupo.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br