Barreiras completa 124 anos de emancipação política, porém sem muitos motivos para comemorar

Publicada em 28/05/2015 às 11:11

do

Da redação JornalNF, com informações do Novoeste

“Parabéns, Barreiras! São 124 anos de sua emancipação política. Infelizmente, não temos muito o que comemorar”, assim definiu o administrador Dó Miguel ao comentar a data em que a cidade completa seus 124 anos de emancipação política.

“Essa seria uma data em que os moradores da maior cidade do Oeste Baiano, referência política e econômica da região, teriam para comemorar, porém as escolhas erradas tem atravancado o desenvolvimento de Barreiras. Dó Miguel faz um alerta a todos os barreirenses para que tenham mais cuidado e consciência na hora de escolher seus governantes. Segundo ele é preciso acabar com o modelo arcaico e funesto de gestão pública que, até então, tem comandado os destinos do município nos últimos anos.

“É um momento que devemos comemorar com intensa alegria e também refletirmos o que queremos para o futuro de nossos filhos e netos. Peço humildemente a todos os barreirenses, verdadeiros donos desta terra e de seus recursos públicos, os quais deveriam ser convertidos em benefícios para nossa cidade, que reflitam sobre o processo eleitoral que se aproxima. Só vocês podem dar um fim a esse famigerado modelo de poder familiar que tem arrasado nossa cidade e causado sofrimento aos moradores”, reforçou o administrador.

Dó Miguel acredita que a cidade não precisa de políticos profissionais e muito menos de estranhos para administrar o destino de Barreiras e sim, de cidadãos e cidadãs de bem, capazes de implantar um modelo de gestão pública reta, transparente, com participação popular e regida conforme os princípios determinados pelas leis deste país. “Não podemos mais trocar seis por meia dúzia e depois ficarmos nos lamentando durante mais quatro anos. Tenho certeza que o povo não aguenta mais sofrer, se humilhar para ter saúde, educação, infraestrutura, segurança pública e demais serviços básicos que são renegados aos barreirenses. Temos que eleger um ou uma comandante no qual possamos acreditar, aquele ou aquela que sinta nossas dores, que conviva, sofra, chore e sorria conosco, que jamais deixe de amar nossa Barreiras.

Quem deve escolher nosso caminho somos nós e bem distante desses agentes políticos que na maioria das vezes se elegem apenas para dividir a rapadura de acordo com seus interesses familiares e pessoais para fazerem carreiras políticas, excluindo os verdadeiros protagonistas: a cidade e seu povo.

Parabéns, Barreiras! São 124 anos de sua emancipação política. Infelizmente, não temos muito o que comemorar. Por isso, faço um chamamento a todos. Vamos mudar! Nós queremos! Nós podemos! Nós merecemos! Vamos eleger um administrador que seja seu, que seja nosso e não de grupos politiqueiros e familiares. Viva nosso povo! Avante nossa Barreiras!”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br