Violência em Luís Eduardo chega aos limites do suportável

Publicada em 11/11/2014 às 12:46

empresario1

Fonte Jornal O Expresso | Foto blogbraga.com.br

O empresário Rogério Santana Oliveira, morador da Rua Cândido Portinari, no bairro Jardim Paraíso, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, Oeste da Bahia, foi morto com um tiro na altura do abdome na noite de ontem, segunda-feira, 10, por volta das 22h, após reagir a um assalto em sua residência.

De acordo com informações, três marginais utilizaram uma escada para pular o muro da residência. O empresário foi surpreendido pelos assaltantes na sala de casa e reagiu entrando em luta corporal com os mesmos, quando acabou alvejado. Do Sigi Vilares

Parece que estamos chegando aos limites do suportável. Quando vagabundos se matam entre si por dívida de crack, tudo está bem. Mas quando começam a matar o cidadão de bem, dentro de sua residência, para roubar, aí o Estado efetivamente falhou.

Falha o policiamento ostensivo, que é pouco; a Polícia Judiciária, que pouco investiga, mas principalmente a Justiça que não julga ou solta em liberdade provisória, até por não ter onde depositar esse lixo humano.

Chegamos ao limite. Os próximos passos são as forças paramilitares privadas e as milícias. Como já acontece no Rio de Janeiro e em outros estados. E isso me parece a própria negação da autoridade do Estado.

1 Comentário

  1. Jacson M Ferreira disse:

    A SEGURANÇA DO POVO BAIANO É UM FRACASSO ! O POVO BAIANO ESTÁ PRESO E AINDA CORRENDO O RISCO DE ACONTECER O QUE ACONTECEU COM ESSE TRABALHADOR .

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br