Serra Dourada: Caso de cárcere privado em laticínio do prefeito vai ouvir testemunhas

Publicada em 06/05/2015 às 14:11

adab

Fonte Bahia Notícias | Foto blog Sigi Vilares

A Polícia Civil de Santa Maria da Vitória, na Bacia do Rio Corrente, Oeste baiano, começa a ouvir na próxima semana as testemunhas do caso em que fiscais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) foram mantidos em cárcere privado no laticínio do prefeito de Serra Dourada, José Milton Frota de Souza.

Segundo a denúncia, agentes da Adab – e policiais militares que acompanharam a inspeção – ficaram presos por ordem de José Milton, que também estava acompanhado de policiais militares. Na ação, a Adab interditou o local, mas o prefeito teria mantido os carros da agência presos, além de ter retirado o queijo apreendido na operação.

De acordo com o delegado Alexandre Hass, da Coordenadoria Regional da Polícia Civil, um inquérito deve ser concluído em 30 dias. “Todos serão notificados a depor”, disse o delegado em entrevista ao BN. os primeiros a serem ouvidos devem ser os militares. Em etapa posterior, prestarão depoimento agentes da Adab, guarda municipal, e o prefeito de Serra Dourada. Ainda segundo o delegado, um processo administrativo paralelo foi aberto pelo comando da PM para apurar as irregularidades de agentes da corporação.

Veja matéria
Fiscais da Adab e PM’s são impedidos de apreender mercadorias em laticínio de Serra Dourada

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br