Riachão das Neves: Mulher morre em colisão frontal na BR 135

Publicada em 16/03/2015 às 07:17

acidente

Da redação JornalNF, com informações e fotos do portal aloalosalomão.com.br

Maria Iane Araújo Ferraz, 38 morreu por volta das 10h de ontem, 15, após o veículo em que estava colidir frontalmente com uma caminhonete. O acidente ocorreu na BR 135, proximidades do povoado de entroncamento, município de Riachão das Neves, Oeste da Bahia.

Natural de São João do Piauí/PI, a vítima estava como passageira num Fiat Uno que tinha saído de Formosa do Rio Preto com destino a Luís Eduardo Magalhães, em companhia do esposo Lourisvaldo Antonio de Oliveira, que ficou gravemente ferido. O motorista sofreu múltiplas fraturas e quase teve uma das pernas decepada. Agentes do Corpo de Bombeiros foram acionados para fazer o resgate do casal.

acidente1

De acordo com colega de trabalho das vítimas, Lourisvaldo não corre risco de morte. Está internado no Pronto Socorro do Hospital do Oeste, em Barreiras. O corpo de Maria deu entrada no Instituto Médico Legal do Complexo Policial do bairro Aratu para realização de necropsia.

 

6 Comentários

  1. marcio grey da silva disse:

    Deus conforte voces.

  2. KEILA TATIANE disse:

    Sentimos muito por esse acidente gravissimo com o meu tio lourisvaldo e sua mulher iane . Ela infelizmente nao resistiu, mas ele GRAÇAS A DEUS esta se recuperando. Pedimos a Deus que de muita força a familia dela, pois era uma pessoa maravilhosa!
    Forças tio para superar esse grande desafio! Confie sempre em Deus Ele tudo pode!!! E o que deseja toda a sua familia ,em especial : seus sobrinhos KEILA , MAX E DANI.

  3. DONIZETI QUEIROZ disse:

    A MALHA RODOVIARIA BRASILEIRA , FICOU PARADA NO TEMPO, FORAM CONSTRUIDAS PARA VEICULOS DOS ANOS 50, NAO CONDIZ COM A MODERNIZAÇAO DA FROTA BRASILEIRA , E OS NOSSOS POLITICOS NADA TEM FEITO PARA EXIGIR DOS GOVERNOS ESTADUAIS E FEDERAL A RECUPERAÇAO DESTAS VIAS ,MODERNIZANDO AS , FALTA SINALIZAÇAO, TERCEIRAS FAIXAS, E DUPLICAÇAO NA MAIORIA DELAS, O QUE PODERIA EVITAR AS MORTES DIARIAS QUE OCORREM , DINHEIRO TEM, POIS O BNDES, CONSTROE , COM DINHEIRO NOSSO ESTRADAS NA BOLIVIA , METRO NA VENEZUELA , METRO NO CHILE, E VARIAS OBRAS MUNDO AFORA.

  4. GILBERTO disse:

    Somos apenas vitimas em meio a fatalidades como essas. Acidentes como esse mostram a fragilidade da vida

  5. Elísio Gomes Fiilho disse:

    POR UMA PÁTRIA QUE SEJA ANTES DE TUDO, PRESERVADORA DE VIDAS! Não podermos ser uma pátria educadora(relativo a atual propaganda do governo federal), sem antes sermos uma pátria presevadora de vidas, se os direitos humanos, sobretudo, o direito à vida não for efetivamente garantido a todos os brasileiros e brasileiras.Autoridades governamentais: Nada se equivale à qualidade das rodovias como fator de menor risco de acidentes.Dar condições estruturais adequadas de tráfego, tanto pontuais, como sistêmicas, é exigir que a infra-estrutura seja utilizada de acordo com os parâmetros estabelecidos pela segurança rodoviária, a qual tem que ser estabelecida com o máximo de urgência, pois segundo o Código Nacional de Trânsito, é nosso direito contarmos com estradas seguras, levando-se em conta, que o direito inalienável à vida é o maior dos Direitos Humanos, porquanto os acidentes de trânsito também torna-se tema primordial de tais direitos elementares, pois está diretamente ligado à vida das pessoas, sua saúde e segurança. Em 2014 foram mais de 8 mil mortes na malha obsoleta de rodovias federais que em sua grande parte sempre ofereceu risco estrutural para a ocorrência de acidentes fatais.São incontáveis os caso de familicídios nas rodovias de pista simples.(Associação Brasileira de Parentes e Amigos das Vítimas de Acidentes em Rodovias Federais – Apavarf)

  6. Mauro disse:

    Senhor conforte os corações da família e amigos, que descanse em paz, vai deixar muitas saudades.

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br