Mulher mata tia em obediência a “vozes do além” em Santa Rita de Cássia

Publicada em 24/09/2014 às 07:21

mulher

Por Flávio Lima | Fonte portal www.rb.am.br

Elisângela Oliveira dos Reis, 31 anos, está presa há dois anos e cinco meses pelo assassinato da tia, em um crime que ela confessa ter praticado em Santa Rita de Cássia, Oeste da Bahia, em 2012. Ela atribui o crime ao sobre-natural. A homicida conta que no dia 21 de abril de 2012 estava em casa e naquele momento, escutava RAP e lendo a Bíblia ao mesmo tempo, quando, ‘vozes do além’ sussurram aos seus ouvidos, ordenando-a assassinar quatro pessoas, sendo elas uma tia, uma filha adolescente, um filho de dois anos de idade e o marido.

Possuída por uma ‘entidade satânica’, segundo ela, acabou consumando apenas a morte da tia, utilizando-se de uma faca, desferindo três ou quatro golpes, naquela que ela chamava carinhosamente de ‘tia-mãe’, pois foi a pessoa que lhe criou e educou, desde a infância.

A acusada do crime, relembra que sua tia havia lhe maltratado muito e que lhe fez acusações indevidas, por exemplo, de ser ladra.

Elisângela diz se arrepender de ter praticado o assassinato contra sua tia, que ela considerava como ‘mãe de criação’.

Segundo Elisângela, por pouco ela não matou seu filho de apenas dois anos de idade, pois as mesmas vozes que a mandaram matar, ordenaram para não mais matá-la, pois a criança era seu filho.

A detenta conta que já cumpriu dois anos e cinco meses de prisão e que deve sim pagar pelo crime que cometeu, por quanto tempo a justiça sentenciá-la.

A mesma cumpre prisão preventiva, pois ainda não foi à julgada pelo Juri Popular.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br