Morpará: Barreirense é presa tentando resgatar quadrilha chefiada pelo esposo

Publicada em 10/08/2015 às 09:17

morpara

Por: Juan Felix – Revista Barra Magazine

Cinco pessoas foram presas em Morpará, município baiano localizado no Médio São Francisco, após a tentativa de assalto ao Terminal de Auto Atendimento do Banco Bradesco ocorrida no dia 06. O cerco realizado por homens do Departamento de Operações Especiais do Distrito Federal-DOE, Polícia Civil da Bahia, Polícia Militar e Cipe Semiárido contou com o apoio de cinco viaturas e um helicóptero. Os bandidos não sabiam mas estavam sendo monitorados pelos policiais de Brasília e seus telefones estavam grampeados.

O veículo Toyota/Corolla, cor preta, placa NTV-2056, Novo Horizonte/BA, utilizado pela quadrilha foi localizado em uma serra próximo à cidade e em seu interior foram encontrados ‘miguelitos’, material preparado com pregos para furar pneus na estrada, além de um cilindro de oxigênio que possivelmente seria utilizado para estourar o terminal bancário.

Pela manhã foram presos tentando fugir do cerco policial Eivaldo José Mariano, natural de Brasília/DF e Fernando Rocha da Silva, natural de Luziânia/GO. Segundo informações policiais, ambos confessaram envolvimento no delito.

Após a polícia interceptar via monitoramento alguns contatos telefônicos entre o chefe da quadrilha identificado como ‘Junior’ e Claudionor Nascimento dos Santos (Kadú) ex-candidato a vereador de Morpará pelo PCdoB e motorista do Samu de Barra. O mesmo foi detido para averiguação e foi conduzido para Brasília juntamente com os demais.

Segundo informações de moradores de Morpará, primeiramente foi detido o filho do motorista que foi liberado em seguida. O chip identificado no monitoramento estava registrado em seu nome, mais segundo ele estava sendo utilizado pelo seu pai. Informações dão conta que uma pessoa ainda não identificada passou no Samu de Barra e recolheu alguns objetos de Kadú que estavam no local.

Já por volta das 15h a guarnição da polícia militar conseguiu prender Pauline Marinho Cavalcante, residente em Barreiras, Oeste da Baia, esposa do chefe da quadrilha que estava em uma caminhonete S-10 em companhia de Marlon Ferreira Santana e tinham como intuito resgatar os demais membros da quadrilha.

A polícia ainda procura um dos assaltantes que foi baleado durante uma troca de tiros que pode ser o chefe do bando, possivelmente se encontre escondido dentro da mata. Integrantes da Cipe Semiárido continuam em perseguição do mesmo.

Todos os presos foram levados para a carceragem da Polícia Civil de Brasília no Distrito Federal, local de início da investigação onde serão interrogados.

Durante o dia a redação da Revista Barra Magazine recebeu vários telefonemas e mensagens. Em uma delas, a moradora contou que na cidade de Morpará os moradores não falam sobre outro assunto. “Foi uma surpresa muito grande para todos nós a prisão do Kádu, ele é muito trabalhador e com certeza tudo isso será esclarecido”, nos contou a moradora que pediu para não ser identificada.

A redação da revista também conversou sobre o assunto com profissionais da área da saúde de Barra. Um dos profissionais que já trabalhou com o suspeito disse: “Kádu é um excelente profissional, nunca faltou ao serviço e sempre foi comprometido com seu trabalho. Vamos aguardar as devidas explicações para saber o que realmente está acontecendo”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br