Luís Eduardo Magalhães se agita com prisão de empresários do ramo de transportes

Publicada em 30/01/2015 às 08:18

cargas

Fonte Jornal O Expresso

Uma grande operação da Polícia Civil, liderada pelos delegados Carlos Ferro, de São Desidério, e Rivaldo Luz, de Luís Eduardo Magalhães, está em curso desde a semana passada, quando começaram a efetuar as prisões. Trata-se de uma ou mais quadrilhas que furtavam cargas completas de fazendas da região Oeste da Bahia. O crime era perpetrado por funcionários administrativos das fazendas, que liberavam cargas sem nota, mais tarde acobertadas por notas frias de outra origem. As cargas de fibras ou grãos recebiam então o destino de receptadores em vários pontos do País.

O roubo atingia tal proporção que gerentes administrativos recebiam até R$250 mil, durante uma safra, para liberar cargas.

Empresários de destaque no ramo de transporte começaram a ser presos na sexta-feira. Nesta segunda-feira, advogados de renome já recebiam telefonemas dos empresários  para prepararem habeas corpus preventivos. Eles já sabiam que seriam presos.

A ostentação de alguns desses empresários, com a construção de residências de alto luxo e crescimento desproporcional de sua operação de transporte, também serviu como forte indício de sua atividade ilegal. O setor de fretes de longo curso passa por crise pontual de lucros, com fretes baixos e aumento substantivo de custos, principalmente do óleo combustível.

Ainda nesta semana, os delegados responsáveis pela Operação divulgarão os resultados através de coletiva, quando certamente declinarão os nomes dos empresários e funcionários detidos.

9 Comentários

  1. jose manoel disse:

    se fosse ladrao de galinha ou de alguns itens no cupermercado estavam estampados nas capas dos sites e jornais.

  2. Ronaldo disse:

    kd o nome dos MALANDROS?????

  3. Jose de Oliveira disse:

    Se fossem ladroes de galinhas tinha até nomes e fotos dos pais e dos avos,mas como possivelmente são ricos, todos os protegem.Depois disso ainda querem os governantes e os políticos como um todo querer que a gente acredite neste pais,principalmente nas instituições civis,militares e religiosas. alguém ai arrisca dar votos de confiança aos políticos e às instituições ?

  4. REMILTON SOUZA LOBO disse:

    POR ISSO EM BARREIRAS TEM GENTE COM CARROS BACANAS CASAS DE LUXO E NAO TRABALHAM SE BRINCAR A JUSTIÇA MAIS UMA VEZ VAI SAIR DESMASCARADA A TERRINHA DE LAAAAAAD.

  5. joão disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk até se encerarem as investigações todos estarão livres e com os nomes protegidos ….. mas com as contas mais magras kkkkkkkkkkkk

  6. Dalton Sérgio disse:

    Sempre é assim,nunca fala os nomes.É uma vergonha.

  7. Joao aparecido de Souza disse:

    Concordo com vc Eduardo. Tem que mostrar a cara desses safados.

  8. Eduardo disse:

    Concordamos com você Maurílio. O problema é quanto se trata de boludos a polícia diz que corre em segredo de justiça. Se fosse um traficantezinho qualquer, a polícia convocaria toda a imprensa e na hora de apresentar ainda falaria para o preso bem assim: “Levanta a cara vagabundo para que a imprensa possa te filmar e tirar fotos. Você vai ficar famoso”,….. entre outras coisas. Mas como são ‘empresários’ sérios, de família, corre sob sigilo

  9. José Maurilio da Silva disse:

    FALTOU O NOME DOS EMPRESÁRIOS E OS NOMES DAS EMPRESAS NÉ?

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br