Caso de estupro entre primos é investigado pela polícia de Barreiras

Publicada em 02/06/2016 às 15:51

Fonte rb.am.br | Repórter Flávio Lima

A polícia civil do município de Barreiras, Oeste da Bahia, está investigando um caso de suposto estupro envolvendo primos.

O caso veio a tona na última terça-feira, 31, quando policiais militares atenderam a denúncia da mãe da vítima, alegando que seu filho de seis anos, tinha sido estuprado pelo seu primo de prenome ”Erick” de 20 anos.

O suspeito nega ter abusado do primo, alegando que enquanto dormia, o garoto é que teria colocado seu pênis na boca. O rapaz foi ouvido pelo delegado de polícia Francisco Carlos de Sá, e liberado.

Segundo a mãe da criança, Erick pode está mentindo, pois seu filho lhe contou, com detalhes, como o abuso aconteceu. O menino teria dito a mãe, que fez vômito, quando seu primo o colocou para fazer sexo oral nele.

Ela contou para a reportagem Rádio Barreiras, que só descobriu o caso por que seu filho mudava o comportamento quando estava na presença do suposto abusador.

O delegado Francisco de Sá encaminhou o menino, acompanhado pela mãe, ao médico legista da polícia técnica, nesta quarta-feira, 01.

Agora a polícia aguarda o laudo técnico para tomar outras providencias sobre o caso.

2 Comentários

  1. Marcos disse:

    Se essa criança fosse filho do delegado será q esse cara tinha sido liberado?

  2. Raul M. Barros disse:

    “Erick pode ESTAR mentindo”.

    ESTÁ; não cabe neste caso.

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br