Bom Jesus da Lapa: Morto em tentativa de assalto a banco na BA usava documento falso

Publicada em 25/01/2017 às 08:07

Fonte G1.com/BA | Fotos redes sociais e Nino Moreira (TV Oeste)

O homem que morreu em confronto com a Polícia Militar, na noite de domingo, 22, durante uma tentativa de assalto a banco, em Bom Jesus da Lapa, município localizado no Médio São Francisco, estava com documentos falsos no momento em que cometeu o crime. De acordo com as informações divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) nesta terça-feira, 24, o suspeito usava um nome diferente do dele para dificultar a identificação.

Segundo a polícia, o suspeito e cerca de 20 criminosos invadiram a cidade com o objetivo de explodir caixas eletrônicos, mas foram surpreendidos por policiais militares. Houve confronto entre os criminosos e os agentes e o homem morreu. Dois policiais foram feitos reféns e, em seguida, assassinados. Eles foram enterrados nesta terça-feira, 24. Um outro PM ficou ferido e está internado no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

Conforme a secretaria, o suspeito morto foi identificado pelo Departamento de Polícia Técnica como Marcelo Alves de França, 38 anos, natural da cidade de Cabrobó (PE). No momento da tentativa de roubo, ele estava com um documento em nome de Tiago da Silva.

A SSP informou que o nome correto do suspeito vai auxiliar nas investigações para captura do grupo que participou da ação. Buscas são realizadas na região com o intuito de prender os suspeitos, mas, até o fechamento desta reportagem, nenhum envolvido no crime havia sido encontrado. O caso está sob investigação.

A secretaria pede que informações sobre os criminosos sejam repassadas por meio dos telefones 181 (Disque Denúncia da SSP para o interior) e 190.

Caso
Dois policiais militares foram mortos a tiros, e um ficou ferido, durante um ataque de cerca de 20 homens ao município de Bom Jesus da Lapa, na região oeste da Bahia, na noite de domingo, 22. Segundo informações da polícia, o grupo invadiu a cidade com objetivo de explodir caixas eletrônicos. Um suspeito também morreu.

Por volta das 23h, houve tentativas de explosões em duas agências. Durante a perseguição, a polícia encontrou um carro abandonado carregado de explosivos, armas e munições. Outros carros foram queimados pelo grupo e utilizados para bloquear as estradas que dão acesso a cidade, com objetivo de atrasar a ação da polícia

Enterro
Os policiais militares mortos durante a tentativa de assalto foram enterrados nesta segunda-feira, na região oeste do estado. O soldado Gilberto Lemos Silva Júnior foi sepultado no Cemitério do Parque Verde, em Bom Jesus da Lapa. Já Everton Oliveira de Santana foi enterrado em um povoado a cerca de 70 km da cidade.

Policiais militares, amigos e parentes estiveram presente durante a cerimônia no Cemitério do Parque Verde. Como forma de homenagear as vítimas, a Polícia Militar (PM) fez um minuto de sirene com as viaturas.

1 Comentário

  1. pusu disse:

    VAMOS LA GUERREIROS MOSTRAM QUE BANDIDO NAO TEM VEZ E PARTE PARA CIMA E VINGAM A MORTE DOS SEUS COLEGAS INDEPENDENTE DE COMANDO.ESSES CARAS SAO COVARDES QUE MATARAM OS POLICIAIS AINA BEM QUE ESTAO MORRENDO UM DE CADA VES HOJE FOI MAS UM BANDIDO MORTO EM JUAZEIRO.

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br