Bandido fere gravemente policial civil durante assalto em Luís Eduardo Magalhães

Publicada em 07/07/2016 às 14:02

policial

Da redação JornalNF, com informações e fotos do blogbraga.com

O agente investigador de polícia civil Marcelo Francisco Souza, 48 anos, ex-candidato a vereador, foi baleado pouco depois da meia-noite desta quarta-feira, 06, após tentar evitar um assalto em um bar, na rua Yitzhak Rabin, no bairro Santa Cruz, em Luís Eduardo Magalhães, Oeste da Bahia.

Marcelo declarou que estava conversando com um amigo quando percebeu o bandido identificado por Racemberg dos Santos Ramos, 18 anos, com um revólver calibre 38 em punho praticando assalto em um bar próximo, entretanto, resolveu entrar em ação, dando voz de prisão ao criminoso.

Ambos entraram em luta corporal e o policial foi baleado no braço esquerdo, no momento em que sua pistola ponto 40 caiu. Mesmo ferido, Marcelo sacou um revólver e atingiu Racemberg na região do tórax, próximo as costelas do lado esquerdo. Apesar do ferimento a bala, o Policial Civil conseguiu dirigir uma caminhonete até sua residência, de onde foi levado por um amigo até a Unidade de Pronto Atendimento da cidade.

policial1

O pai do suspeito do assalto encaminhou seu filho para a mesma unidade de saúde, onde juntos tentaram mais uma vez contra a vida do servidor de polícia, mas foram impedidos por guardas do posto e um amigo da família.

Racemberg perdeu um litro de sangue no processo de drenagem e foi transferido para o Hospital do Oeste, em Barreiras, numa ambulância do Samu e o Agente da PC na ambulância do município, escoltado por uma guarnição da 85ª CIPM até o KM/30 e posteriormente por policiais militares de Barreiras.

O pai do suspeito foi preso na UPA pelo delegado Leonardo Almeida, por desacato aos policiais e tentativa de homicídio. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde permanece a disposição da justiça.

2 Comentários

  1. Marcos disse:

    a impunidade so vai mudar quando a violência chegar nas casas de quem pode mudar

  2. João disse:

    É muito revoltante ver um marginal, bandido da pior espécie, atentar contra vida de um cidadão de bem. O pai do marginal ainda foi tirar satisfação. Só no Brasil mesmo. Até que ponto chegamos. O Brasil está se tornando um paraíso para bandidos e corruptos. Quem trabalha e é honesto não tem vez neste país.

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br