Assassinato em Barreiras pode estar ligado ao tráfico de drogas

Publicada em 23/11/2014 às 17:31

andre

Fonte aloalosalomão.com.br

A morte do dependente químico André da Silva Souza, vulgo ‘Kê’, 34 anos, ocorrida por volta das 22h30 nas proximidades de sua residência, na Rua Ciro Pedrosa, bairro São Miguel, em Barreiras/BA, na noite deste sábado, 22, pode estar ligada ao tráfico de entorpecentes.

Adriana da Silva Souza informou que seu irmão estava com alguns colegas em via pública, quando dois indivíduos identificados por Wesley Boian e Cézinha apareceram de repente, sacaram duas armas e começaram a atirar. ”Os outros rapazes correram para dentro de uma casa e ele ficou sozinho no meio da rua, por isso foi atingido com quatro tiros”, declarou.

Recebeu socorro do Samu e morreu a caminho do Hospital do Oeste, com perfurações no peito, na região das costelas e braço esquerdo. Já os acusados fugiram e, até o momento, não foram localizados.

Familiares comentaram que os autores fazem parte de uma gang denominada de ‘Turma da Bagaça’, pela qual é liderado o território do tráfico de drogas entre os bairros Vila Brasil e Conjunto Habitacional Rio Grande. O caso será investigado pela delegada Marineide Pires, titular da Delegacia de Homicídios do município.

André possuía quatro passagens registradas no Complexo Policial de Barreiras, por tentativa de furto, prática de desordem e duas vezes por porte de drogas. A polícia suspeita que a morte esteja ligada a acertos de contas entre grupos rivais envolvidos com o comércio de drogas ilícitas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br