Prefeitura de Riachão das Neves começa implantar a escola Família Agrícola em São José do Rio Grande

Publicada em 18/04/2016 às 14:17

escola4

Ascom PMRN

O último final de semana foi de esperança para a juventude do distrito de São José do Rio Grande, distante 27 km da sede, isso, porque a Prefeitura Municipal de Riachão das Neves, Oeste da Bahia, realizou uma reunião com participação do prefeito Hamilton Lima acompanhado dos secretários municipais, os representantes do DNR, agricultores irrigantes, pecuaristas, professores da Escola Família Agrícola da cidade de Angical, professores, alunos e moradores de São José do Rio Grande.

Esse encontro foi para explicar aos moradores como funciona a escola Família Agrícola (EFA). Esse é o primeiro passo para implantação do núcleo EFA na comunidade. Agora a população já sabe quais as disciplinas oferecidas e quais os benefícios para os filhos dos agricultores.

A Prefeitura já conseguiu o local para instalação da escola, o Projeto Amanhã, localizado no perímetro irrigado Nupeba. No local tem um prédio que estava desocupado, e o prefeito Hamilton Lima, foi até a Codevasf requerer a parceria e conseguiu o prédio para instalação da escola. Agora o próximo passo é correr contra o tempo para organizar e executar a parte burocrática de implantação da EFA.

A EFA visa dar ao filho do produtor rural, condições de trabalhar a terra e adquirir conhecimentos que permitam optar em permanecer no campo com qualificação garantida. Se a opção for atuar no mercado de trabalho, o estudante formado pela EFA poderá ser inserido profissionalmente, graças ao conhecimento e formação adquiridos. É um modelo de educação específico para o jovem rural, em que ele tem acesso as matérias da escola regular, aliada a outras voltadas especificamente à realidade rural. Com isso, ele aprende a manejar terra, plantas e animais,  para que possa aplicar o conhecimento na propriedade da família ou na comunidade.

escola3

Os filhos dos produtores estudam, dormem e se alimentam na escola em semanas alternadas, ou seja, uma na escola e outra em casa.  Enquanto estão estudando, aprendem técnicas que serão aplicadas no dia a dia da propriedade,  visando o alcance de melhores resultados. É a Pedagogia da Alternância.

escola1

O sistema de alternância permite a manutenção do vínculo do jovem com sua família, amigos e grupos de sua comunidade; resgate da cultura local, da autoestima e valorização das raízes e dá a possibilidade de permanecer no campo com conhecimento que permita romper o preconceito contra quem mora no meio rural.

Estiveram presentes no evento, o prefeito Hamilton Lima, o vice-prefeito José Américo, o secretário de agricultura, Junior Nunes, a secretária de educação, Irlane Costa, secretário de transporte, Clery José, secretária de cultura, esporte, lazer e turismo, Cícera Souza, gerente do DNR, Aurélio, vereador Né Velho, o pecuarista Dr. Neuci Vigna, professor da Uneb, Dr. Danilo Gusmão e os professores da EFA de Angical, João Batista, José Alves e Josete Diniz.

escola

O prefeito Hamilton Lima falou da importância da tecnologia que a escola vai trazer para os agricultores do município. “Não tem como mudar de vida se não tiver acesso à educação, pois, a educação é o ponto de partida para mudar uma nação, é pensando nisto, que estamos em busca de implantarmos está escola Família Agrícola em nosso município, para que os pais que residem na zona rural possam dar um futuro melhor ao seus filhos. Não se pode abrir mão da tecnologia para quem quer produzir, seja na indústria, seja na produção agrícola, a tecnologia hoje é a parceira número um para quem quer produzir”.

“Essa é uma batalha que começou em 2013 e só este ano conseguimos de fato a estrutura. Com fé em Deus, conseguiremos implantar a escola Família Agrícola aqui em Riachão das Neves. Temos hoje uma estrutura da Codevasf, que foi feita uma cessão de uso ao município de Riachão das Neves por cinco anos e pode ser prorrogada por mais cinco, até que seja doada de forma permanente”, comentou o secretário de agricultura, Junior Nunes, enfatizando que esta é uma oportunidade de agregar a família no campo com seus filhos, é um trabalho que ele entende como um grande marco na administração atual do prefeito Hamilton Lima.

escola2

João Batista, professor da EFA de Angical falou do desenvolvimento que a escola vai trazer para o município. “A Escola Família Agrícola vai dar uma oportunidade aos filhos dos agricultores do município de estudar para adquirir conhecimentos técnicos e trabalhar no seu município, ajudando a desenvolver a agricultura e pecuária da sua região, ao mesmo tempo eles vão ser remunerados e as famílias terão de volta aquilo que está sendo investido no campo”.

1 Comentário

  1. patricia esposito disse:

    gostei muito do programa sou professora de uma região do interior de são paulo presidente venceslau e gostaria que minha cidade aderisse a esse projeto escola da familia como faço

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br