Santana: Hortaliças são doadas na zona rural do município

Publicada em 28/03/2017 às 07:48

Ascom Santana | Fotos Sancler de Oliveira Queiroz

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) foi criado pelo governo federal em 2003, e possui duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação, dentro do princípio da transparência que permeia todas as ações da Conab no segmento da Agricultura Familiar, por meio da execução dos instrumentos operacionais do Programa de Aquisição de Alimentos.

O PAA objetivando combater a fome e a pobreza, ao tempo que fortalece também a agricultura familiar, com ajuda aos pequenos agricultores, e suas organizações [associações], fazendo estimular processos de agregações, aumentando suas rendas e surgimento de mais clientes. Nesta situação, tem o próprio município de Santana como cliente, que através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, tem dado oportunidades para associações a se valerem dessa ajuda para complementar a renda familiar e dos seus afiliados.

Parte desses alimentos é adquirida pelo governo, diretamente dos agricultores familiares para formação de estoques estratégicos, para distribuição à população de maior vulnerabilidade social.

No último dia 10, a secretária de Assistência Social, Eugênia Fagundes Alves, acompanhada por uma equipe formada por Alessandro Nunes dos Santos coordenador do CRAS, também Tiago Souza Oliveira e Rosana Rita de Souza, que se dirigiram para as comunidades do Barreirinho, Barreiro Fundo, Pau-Terra, Tataíras Mamão, Patos, parte do Caracol, de Baraúnas, Missão e Baixa Funda, para a distribuição de verduras (hortaliças), de casa em casa, beneficiando algo em torno de 150 famílias, num total aproximado de 750 pessoas. Foram percorridos cerca de 90 km, nessa região que segue em direção do nascente.

Neste mês de março foram mais de 3.000 kg de alimentos do PAA, e o que mais chamou a atenção foi a satisfação estampada nas feições dos beneficiados ao receberem os itens contidos na distribuição das verduras: alface, couve, coentro, cheiro verde, cebolinha, rúcula, quiabo, berinjela, cenoura e beterraba, que foram adquiridos das Associações: de Brejinho, das Mulheres de Várzea e Cachoeira e a São Miguel da comunidade do Sossego.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br