Fundesis alcança marca de 200 mil beneficiados no oeste baiano

Publicada em 11/02/2021 às 08:23

Ascom Aiba

Próximo de completar 15 anos de atuação, financiando projetos sociais de instituições sem fins lucrativos, o Fundo para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis) já beneficiou mais de 200 mil pessoas, direta e indiretamente, em 16 municípios do oeste baiano. Os nove editais lançados pelo Fundo, que têm recursos captados pelo Banco do Nordeste junto aos produtores rurais, contemplaram, até o momento, 170 iniciativas voltadas para a educação, esporte, cultura, saúde, agricultura de pequena escala, inclusão digital, segurança e geração de emprego e renda.

Lançados em sequência, os dois editais mais recentes do Fundesis disponibilizaram recursos para 70 projetos. Entre os 24 aprovados em 2019, o percentual de conclusão já está em 99%, faltando apenas a finalização das obras em uma das instituições. Em relação aos projetos de 2020, 13 estão concluídos, com os demais apresentando reajustes no cronograma, por conta do aumento dos preços dos insumos e da mão de obra, causado pela pandemia do novo coronavírus.

“Para compensar a perda do poder de compra, ocorrida por conta da alta dos preços, as instituições não se acomodaram e foram em busca de outros parceiros para complementar os recursos. Isso demonstra o compromisso e a seriedade dessas entidades com a finalidade para a qual elas foram criadas, que é cuidar das pessoas”, afirma Makena Thomé, coordenadora do Fundesis. Ela disse, ainda, que apenas 5%, em ajustes dos valores dos projetos, foram solicitados, como forma de adequação à nova realidade marcada pelo aumento dos preços.

Representando a diretoria da Aiba, o presidente Odacil Ranzi falou sobre a importância da marca atingida pelo Fundesis. “Esta é a maior iniciativa de apoio às entidades dedicadas ao trabalho social no Estado da Bahia. Os recursos investidos, pelos produtores, se transformaram em cursos profissionalizantes, atividades de lazer, esporte, cultura, saúde, melhorias nas estruturas das entidades, inclusão social e geração de emprego e renda. São ações de valorização do ser humano, com reflexos em toda a sociedade”, enfatizou.

Algumas inaugurações foram suspensas devido ao público-alvo estar enquadrado nos grupos de risco, não podendo participar de eventos antes da vacinação contra a Covid-19.

Projetos do Edital Fundesis 2020 concluídos

Equipamentos, mobiliário e energia solar: Amec (Associação de Amparo ao Menor Carente ) e o Abrigo do Idosos, em Barreiras, Fazenda Modelo, a Casa de Reintegração Nova Vida e Tia Ginja, Associação Esportiva Cultural e Educacional de Capoeira da Vila Brasil;

Construção e reformas: A APAE de Barreiras, o prédio escolar da Associação dos Produtores da Garganta (Formosa do Rio Preto) e a Associação Família de Nazaré (Santana).

Bem-estar animal e saúde pública: a Liga da Ordem dos Bichos Órfãos (LOBO) adquiriu equipamentos e medicamentos para cirurgias de urgência, tratamento e castração dos animais. Reforma do Canil da Polícia Militar e construção de sala de atendimento veterinário aos cães policiais.

Agricultura de pequena escala: a Central de Associações de Agricultores Familiares de Correntina fez a aquisição de tendas sanfonadas, para uso na feira da agricultura familiar, realizada na sede do município.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!




Enter Captcha Here :

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br