Semana de Cinema Itinerante do Oeste da Bahia alertará para o perigo dos incêndios florestais

Publicada em 26/08/2015 às 13:59

cine

Por Catarina Guedes

De 29 de agosto a 02 de setembro próximos, os municípios de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Cotegipe vão sediar a Semana de Cinema Itinerante do Oeste da Bahia, uma iniciativa que vai levar arte, cultura e informação gratuitamente para as comunidades, e alertar para um perigo real e constante que aumenta no inverno, especialmente no mês de setembro, na região, os incêndios florestais. Em uma tela gigante, dimensionada para um público de,  aproximadamente, 600 pessoas, a população assistirá vídeos educativos sobre prevenção de incêndios no cerrado, seguidos da projeção de grandes sucessos do cinema, em 2D e 3D. A iniciativa tem a assinatura da Agripress Comunicação Empresarial, com patrocínio da Granflor Agroflorestal, Agrosul Máquinas, Synagro, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães e Prefeitura de Barreiras.

As sessões são precedidas por um filme especialmente produzido para a região Oeste, que trata do tema, explicando o que são incêndios florestais, o que representam para o cerrado, como a questão do fogo é tratada na legislação brasileira, com dicas sobre prevenção e combate, além de depoimentos de técnicos e brigadistas do IBAMA (PrevFogo), INEMA e Bombeiros.

Clima seco

Para este bioma, o fogo é ao mesmo tempo um perigo e uma necessidade. Isso porque algumas espécies típicas do cerrado dependem diretamente dele para que suas sementes germinem, e outras são adaptadas para suportar a passagem do fogo. Mas o incêndio, que é o fogo descontrolado traz graves consequências. Nessa época do ano, é ainda mais difícil controlar o fogo, segundo explica a secretária de meio ambiente de Luís Eduardo Magalhães, Fernanda Aguiar. Os agravantes são a temperatura elevada, a pouca humidade e os ventos fortes.

“O fogo no cerrado da Bahia ocorre geralmente de forma não natural, e causam  destruição da flora e da fauna. Muitas vezes, de espécies ainda não estudadas e catalogadas, e que só ocorrem na região. Os incêndios trazem sérias consequências ambientais com repercussão também para a vida humana. Com a educação ambiental, temos conseguido mostrar à população o que a legislação determina, de uma maneira que informa e entretém.  O cinema na praça, será um exemplo disso”, diz Fernanda Aguiar.

O secretário de Meio Ambiente de Barreiras, Nailton Almeida, enfatiza o método. “Nós temos investido muito na linguagem dirigida às crianças e jovens em nossas campanhas de educação ambiental. Muitos dos incêndios que ocorrem na região se dão por práticas produtivas arcaicas ou por descuido. Trabalhos lúdicos e divertidos sobre o tema podem realmente ser propagados por este público junto às famílias e ajudar a mudar a maneira de agir e pensar da população”, diz o secretário.

Sustentabilidade

Os empresários também aderiram à Semana de Cinema Itinerante do Oeste da Bahia, como é o caso da Granflor, empresa de produção agro-silvo-pastoril que está se instalando na região do Vale, entre os municípios de Cotegipe, Mansidão e Riaçhão das Neves. Há três anos, segundo o gerente de Operações da Granflor, Alexandre Araújo, a empresa faz um amplo trabalho de conscientização das populações ribeirinhas do Rio Grande e do Rio Preto.

“Temos a grata satisfação de perceber que o nosso trabalho tem surtido efeito. Quando nós investimos numa iniciativa de educação ambiental, estamos pensando não apenas na sustentabilidade do meio ambiente, como também na econômica. O fogo traz prejuízo material, destrói fazendas, empobrece o solo e não importa que tenha surgido fora da porteira. Se ele entra, todos pagam por isso. Quando aderimos à Semana Itinerante de Cinema do Oeste da Bahia, fizemos questão de garantir uma exibição no Taguá, distrito de Cotegipe às margens do Rio Grande. Temos certeza de que esta será uma oportunidade inesquecível para as pessoas da comunidade”, afirma Alexandre Araújo.

Serviço:

Semana de Cinema Itinerante da Bahia.

29/08 – Taguá
30/08 – Cotegipe
31/08 – Barreiras – Praça das Corujas
01/09 – Luís Eduardo Magalhães – Praça da Bíblia
02/09 – Luís Eduardo Magalhães – Praça da Bíblia.

1 Comentário

  1. Francisco Rutemberg disse:

    Parabéns

    Sou professor e há muito que sonho com essa iniciativa, sofro todo ano com as queimadas aqui mesmo na cidade respirando mal, e muitas crianças são hospitalizadas com esse fogo, na maioria das vezes criminoso e irresponsável

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br