Deputada Jusmari promove no dia 04 de outubro sessão especial em defesa da preservação do Rio São Francisco

Publicada em 17/09/2019 às 14:24

Ascom Jusmari Oliveira

Com a finalidade de refletir sobre a defesa, preservação e conservação do Rio São Francisco, a deputada Jusmari Oliveira promove uma sessão especial no dia 4 de outubro, a partir das 9 da manhã na Alba. A expectativa é que o Plenário fique repleto de moradores de comunidades ribeirinhas, estudantes, especialistas, entidades governamentais e não governamentais ligados ao chamado Rio da Integração Nacional. Os cantores Adelmário Coelho e Bosco Fernandes vão se apresentar na abertura e encerramento da sessão. O senador Otto Alencar – que tem defendido o tema no Congresso Nacional – será um dos palestrantes, bem como o presidente da União das Prefeituras da Bahia (UPB) e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro. Diversos especialistas no assunto participarão da sessão.

Na sala anexa ao Plenário da Casa e no haal de entrada da Assembleia Legislativa da Bahia, serão montadas exposições de artistas do São Francisco, destacando-se entre eles, o acervo do mestre Francisco Biquiba Dy Lafuente Guarany, uma das referências na arte de construir carrancas no Velho Chico. Para se ter uma ideia da importância deste escultor, ele foi celebrado pelo poeta Carlos Drummond de Andrade em um poema que fala sobre “suas mãos calejadas e criadeiras”. Também estarão presentes artistas de Bom Jesus da Lapa, Ibotirama, Barra, Santa Maria da Vitória e diversas outras cidades ribeirinhas mostrando toda diversidade cultural do Vale do São Francisco.

Jusmari acredita que, em oportunidades como essa, é possível chamar a atenção para a preservação e defesa do Rio. “Vamos ouvir especialistas de órgãos como a Codevasf, a Chesf, o Comitê de Bacias, O SOS São Francisco e as mais diversas entidades ligados ao Rio”, disse ela. A parlamentar ressaltou que o São Francisco sempre esteve no seu imaginário. “É um rio que recebe todos os rios da região Oeste de onde venho. Na cidade de Barreiras, por exemplo, está o maior afluente da margem esquerda do São Francisco que é o Rio Grande, mas também chegam ao São Francisco os Rios da bacia do Rio Preto e do Rio Corrente trazendo diversos outros afluentes menores. É a preservação de todo esse potencial que vamos discutir bem como a sua capacidade de geração de riqueza através da agricultura e da irrigação como já acontece em Juazeiro, Petrolina, Bom Jesus da Lapa, entre outras cidades. Vamos buscar a união entre a preservação e o desenvolvimento econômico. Com bom senso e racionalidade, isso é possível”, destacou a parlamentar.

Jusmari advertiu que o Rio São Francisco, em Bom Jesus da Lapa, encontra-se de tal maneira assoreado que, em alguns locais, a navegação é impossível, inclusive, o leito pode ser atravessado andando, devido o baixo nível das águas.

A deputada finalizou fazendo um alerta: “A proteção dos afluentes é o principal vetor de revitalização do Velho Chico”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br