Central Campo Limpo de Barreiras premia vencedores do PEA

Publicada em 06/03/2019 às 10:17

Ascom Aciagri

Estudantes de Luís Eduardo Magalhães saíram na frente e levaram boa parte das premiações do Programa de Educação Ambiental (PEA) – edição 2018, uma iniciativa do Sistema Campo Limpo que tem como objetivo apoiar a rede nacional de ensino em temas transversais relacionados a Educação Ambiental.

Através de material didático diferenciado, cada escola recebe um kit com materiais pedagógicos voltados aos alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, com abordagem multidisciplinar de temas relacionados ao meio ambiente alinhado às recomendações dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). No oeste da Bahia, este trabalho é supervisionado pelas centrais Campo Limpo, gerenciadas pela Associação do Comércio de Insumos Agrícolas (Aciagri), e pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) que atua como núcleo de inteligência do Sistema Campo Limpo.

Com base nos kits, os três melhores trabalhos em cada categoria, além de suas respectivas escolas e professores são premiados na etapa local, sendo que o melhor trabalho de cada categoria é enviado para a etapa nacional. E os vencedores da etapa local cadastrados pela Central Campo Limpo de Barreiras foram conhecidos na última quinta-feira (28/02), em uma cerimônia realizada na secretaria da educação do município de Luís Eduardo Magalhães, com a presença da secretária municipal, Maria Rosilene Sertão Ruschel e coordenadores pedagógicos. Em 2018, a unidade cadastrou 49 escolas baianas, envolvendo estudantes de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Formosa do Rio Preto e Wanderley, e deu continuidade ao tema das últimas duas edições, que foi “Resíduos sólidos: responsabilidade compartilhada”. Depois de tratar do papel da comunidade e das escolas, a edição falou da contribuição da família.

Segundo a gerente da unidade, Ana Mércia Brandi, a proposta do PEA é mostrar que o envolvimento de todos (família, escola, empresas, governo…) é fundamental para buscar soluções que minimizem os impactos causados pelos resíduos à saúde e ao meio ambiente. “O papel da escola em parceria com a família é formar cidadãos mais conscientes com a questão Socioambiental”, disse.

Confira abaixo os vencedores:

Categoria Desenho

Primeiro lugar: Emily Emanuelle Araújo Pereira
Escola Mozart Feliciano
Professora Responsável: Lidiane

Segundo lugar: Rilari da Silva Cerqueira
Escola Mozart Feliciano
Terceiro lugar: Micaele A. B. S
Escola Aldori Tolazzi

Categoria Redação

Primeiro lugar: Gilson Rios Portela
Escola Amabilio Vieira
Professora Responsável: Francisca

Segundo lugar: Lucas Reis
Escola Ivo Hering

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Aciagri

Entidade sem fins lucrativos criada no ano de 2003 pelos distribuidores de defensivos agrícolas do oeste baiano. Atualmente, a entidade representante mais de 50 canais de distribuição e cooperativas, e gerencia três centrais Sistema Campo Limpo na região: Barreiras, maior do país em volume de recebimento; Roda Velha e Rosário – considerada a terceira maior do nordeste do país, além de outros três postos de recolhimento: Panambi, Coaceral e Campo Grande, retirando anualmente, do meio ambiente mais de 3 mil toneladas de embalagens vazias, o que representa cerca de 90% de todo o material recolhido na região nordeste do país.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br