Classificação das eliminatórias CONMEBOL após quatro rodadas

Publicada em 19/11/2020 às 08:56

A fase eliminatória sul-americana para Copa do Mundo 2022, que vai ser disputada no Qatar, não tem descanso! Estão já finalizadas as quatro primeiras rodadas, com as dez seleções a se enfrentar por uma vaga no próximo torneio planetário. Quais foram até agora, as principais incidências da classificação?

Sem surpresas, o Brasil lidera com quatro vitórias em quatro jogos, a última das quais em solo uruguaio por 0x2, com gols de Arthur e Richarlison. O Escrete confirma que é o principal candidato desta zona CONMEBOL para estar no Mundial e só uma hecatombe impediria Tite e a Seleção de se apresentar no Qatar. O registro de 12 gols a favor e de somente 2 contra, é o melhor de todas as seleções nas eliminatórias, gerando muita confiança para número 3 do ranking FIFA.

Na segunda colocação, com três vitórias e um empate, surge a inevitável Argentina, confirmando que não está no 8º lugar mundial por acaso. A seleção dos Pampas fez seis gols, tendo também sofrido apenas dois dos adversários. No último jogo que fez, conseguiu um triunfo saboroso por 0 a 2 na condição de visitante, frente ao Peru, com Nicolás González e Lautaro Martínez a construírem o resultado. A Albiceleste também não deverá ter problemas de maior para se apurar para o Mundial do Catar.

Na terceira colocação, talvez surja a surpresa mais positiva destas eliminatórias! O Equador, que depois de perder por 1 a 0 na Argentina, venceu os três jogos seguintes, e aplicou mesmo uma inacreditável goleada de 6 a 1 na Colômbia, em que Arboleda bisou. Os Equatorianos, que têm9 pontos, vão ser um osso duro de roer para qualquer equipe, até porque possuem o melhor ataque neste momento, com 13 gols.

No 4º e no 5º degraus, com 6 pontos, temos primeiro o Paraguai, que venceu uma e empatou três partidas, e depois o Uruguai, que tem duas vitórias e duas derrotas. Os Paraguaios têm revelado coesão na zaga, sendo a terceira menos batida, enquanto os Uruguaios fizeram o mesmo número de gols que encaixaram (7). Teremos de contar também com esses dois times  para as contas finais, recordando que quatro seleções se classificam e uma seleção joga a repescagem.

Fora dos lugares importantes, com quatro pontos, aparecem Chile e Colômbia, que têm sido as duas maiores desilusões. Ambos têm apenas uma vitória e um empate, para duas derrotas. Na última rodada os resultados não poderiam ser piores para Cafeteros e Furia Roja, que caíram aos pés de Equador (6×1) e Venezuela (2×1), deixando antever dificuldades para se reerguer. Ambos vão ter que conseguir melhorar muito suas performances nas próximas rodadas, se quiserem entrar na equação das cinco primeiras colocações.

No 8º posto, com 3 pontos, surge a Venezuela, que ganhou um jogo e perdeu três, ao passo que Peru e Bolívia, com um empate e  trÊsdesaires, somam apenas um ponto. Se era provável que Venezuelanos e Bolivianos estivessem na cauda da tabela, contudo se esperaria mais dos Peruanos, que até estiveram no Rússia 2018… Estas três seleções dificilmente entrarão nas contas da classificação, até porque possuem os ataques menos produtivos até ao momento.

Por outro lado, se pode sublinhar a quantidade de gols que mexeram com os placares nos 20 jogos realizados! Até à data, temos média de 3,35 gols por partida, deixando evidente o espetáculo nas eliminatórias CONMEBOL para a Copa do Mundo do Qatar. Deste jeito, a chave para o sucesso destas 10 seleções deve passar pela zaga, já que os dois primeiros colocados, Brasil e Argentina, têm as duas defesas mais consistentes da competição.

Com respeito ao Brasil, os resultados têm sido animadores, mesmo sem alguns craques, como Neymar, ou até Coutinho e Casemiro por exemplo, o que traz muita ambição entre os brasileiros para a próxima Copa. Contudo, primeiro, o Brasil pode confirmar um estatuto de favorito, de acordo com o que vai conseguir fazer na Copa América 2021, que vai se jogar entre 11 de Junho e 11 de Julho do próximo ano.

Pela Copa continental, o Escrete faz parte dos grandes favoritos neste momento, como podemos ver nas melhores casas de apostas internacionais, segundo o portal Sportytrader. Por exemplo, na casa de apostas Betano.pt, o Brasil tem cota de 3.10, ficando apenas atrás da Argentina (2.65) que é curiosamente, a grande favorita.

Segundo a página de análise da Betano feita pela Sportytrader, este é mesmo um dos sites de apostas mais confiáveis, por isso, podemos aceitar esse ponto de vista. Isto para além desses valores poderem perfeitamente mudar nas próximas semanas, invertendo Brasil e Argentina, caso o time de Tite siga imparável.

O que é positivo é que para quem gosta de apostar, esta é mesmo o melhor momento para investir agora no Brasil, visto que é quando sua cota está ainda alta. Talvez essas casas de apostas precisem ainda da confrontação entre as duas super seleções, que vai acontecer nas próximas duas rodadas, em Março de 2021, para decidir definitivamente quem é o grande favorito da Copa América! Depois sim, poderemos pensar na Copa do Mundo!

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br