Matrícula reúne estudantes de todas as partes do Brasil na Ufob

Publicada em 02/02/2015 às 07:11

ufob1

Ascom Ufob

O jeito tímido e o olhar desconfiado até tentam, mas não conseguem esconder a alegria no rosto do novo estudante do curso de Farmácia da Universidade Federal do Oeste da Bahia, Kaic Leite Meira. Aos 18 anos, o jovem, morador do povoado de Umbuzeiro, na zona rural de Poções, no sudoeste baiano, venceu as dificuldades de uma educação precária e conseguiu concretizar o sonho de estudar em uma instituição pública de Ensino Superior.

Junto com a mãe, Ana Aparecida Leite, e o futuro padrasto, Kaíc Leite festeja o ingresso no curso de Farmácia da Ufob/ Foto Divulgação Ascom

Junto com a mãe, Ana Aparecida Leite, e o futuro padrasto, Kaíc Leite festeja o ingresso no curso de Farmácia da Ufob/ Foto Divulgação Ascom

Orgulhosa, a mãe, Ana Aparecida Leite Melo, fez questão de viajar 713 quilômetros e vir junto com o segundo de três filhos fazer a matrícula nessa sexta-feira, 30, em Barreiras. “É uma emoção grande vê-lo chegar aqui na UFOB. Sempre lutei para dar uma boa educação para ele e seus irmãos porque sei que é esse o maior bem que podemos deixar para nossa prole”,  ressalta a professora de Português que durante 12 anos foi diretora do Polo Educacional Paulo Magalhães, onde Kaic estudou do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental.

Quem também veio de longe e trouxe a família inteira foi Gabriel Peixoto, de 17 anos, aprovado no curso de Medicina. “Não conhecia a cidade e isso me causou uma certa insegurança, mas quando entrei no site e vi a estrutura da UFOB não tive dúvidas sobre a minha escolha”, conta sorridente.

A distância de Goiânia até Barreiras era bem menor do que a felicidade dos pais em ver o filho caçula seguir os passos e a graduação do irmão mais velho. “É muito bom poder vivenciar essa conquista, porém a gente tem um pouco de receio por conta da mudança para um lugar novo”, afirma Suelina Peixoto, mãe de Gabriel, para, em seguida, emendar: “A apreensão diminuiu bastante ao saber e ver que ele terá uma boa estrutura de aprendizado na Ufob”.

No primeiro dia de matrícula, estudantes de todas as partes não paravam de chegar. De Bom Jesus, no Piauí, onde mora, Andlayne Martins, 19 anos, nem se importou de ficar um pouco na fila para garantir a vaga no curso de Engenharia Civil. A opção pela Ufob, segunda ela, foi pela proximidade de casa – 469 quilômetros – e por ser a sua vocação.

Para Sayonara Ribeiro, 21 anos, o motivo de estar ali era outro. Natural de Barreiras, já estudava na Ufob, mas em outro curso: o de Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades. Após quase dois anos na instituição, resolveu dar uma guinada e cursar Ciências Biológicas. “Apesar de conhecer a UFOB, fiquei muito ansiosa para iniciar essa nova jornada. Essa área tem mais a ver comigo”, revela.

A matrícula para os candidatos selecionados na primeira chamada do Sisu na Ufob prossegue nesta segunda, 02, e terça-feira, 03, nos cinco câmpus da Instituição.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br