Sucesso absoluto no primeiro dia da Bienal de Barreiras

Publicada em 30/05/2015 às 07:49

bienal

Por Michela Rodrigues

Na noite do último dia 28, aconteceu a abertura da 1ª Bienal de Barreiras no Parque do Livro, idealizado pela Prefeitura de Barreiras com o apoio e parceria da Academia Barreirense de Letras.

A solenidade de abertura oficial aconteceu no Parque de Exposições Dr. Geraldo Rocha, que durante todo o dia recebeu a presença de estudantes, crianças e visitantes, em um ambiente multicultural com exposição fotográfica de Rui Rezende, stands de livros evangélicos, espíritas, católicos, biblioteca do Rotary, livrarias, brinquedoteca da Uneb e espaço dos escritores no stand da Academia Barreirense de Letras.

O espaço de honra foi composto pelo assessor de comunicação social Adalto Soares, o chefe de gabinete Dourivaldo Aquino, Secretários Cosme Wilson, Diana Macedo, Nailton Almeida, João Muniz e Pedro Antonio (Peu), a presidente da ABL a jornalista Miriam Hermes, os escritores, expositores como Rui Rezende, representantes da Uneb e convidados.

Durante os pronunciamentos, foi evidenciado a importância da realização da primeira bienal e principalmente o impacto literário, com incentivo a leitura nas crianças e adolescentes. O secretário de educação, Cosme Wilson, focou principalmente a necessidade de plantar a semente do conhecimento nas séries iniciais. “Nossos futuros cidadãos precisam desse momento, desse incentivo. O livro tem que fazer parte de nosso dia a dia, porque está ali o aprendizado e sucesso que conquistamos para nossa vida”, enfatizou o secretário.

O assessor de comunicação social da Prefeitura de Barreiras, Adalto Soares falou do compromisso com a educação da administração pública e da instituição do Ano Municipal da Leitura, que fortalece ações ligadas ao desenvolvimento psico-educacional dos estudantes e dos leitores em potencial. “O decreto do Ano da leitura, contempla 4 grandes momentos que são primordiais para o incentivo da leitura em nosso município. Começamos com a Praça da leitura, homenageando os poetas, agora fortalecemos a ação com a Bienal, que estará no calendário de eventos de Barreiras, depois teremos o Parque da Criança no mês de outubro, finalizando com o Natal de Leitores. A bienal é uma fase ímpar para a valorização de nossos escritores, e proporciona momento de  interação com os leitores e desperta em nossos jovens e crianças, o interesse pelo aprendizado e leitura”, disse Adalto.

Na noite de autógrafos, 5 livros estavam sendo expostos e a venda, com o contato direto com o escritor, que autografava suas obras a pedido dos  leitores. Estavam presentes com suas respectivas obras:

Rui Rezende – Exposição fotográfica Oeste da Bahia –  o novo mundo
Luciana Roque, Ana Lúcia Souza e Jackeline Bispo: Um rio de histórias
Tenente Pinheiro: Tiro, Guerra e Mito: a história de um barreirense na 2ª Guerra Mundial
Anton Ross: A gaveta do alfaiate
Gabriela Rêgo: Ensino Médio contradições conceituais
Nadir Xavier: Caminhada entre as letras

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br