Secretário de Cultura lança programa para desenvolvimento cultural nos municípios

Publicada em 25/08/2015 às 10:26

Fortalecer as políticas culturais em todos os 27 territórios de identidade da Bahia foi o objetivo do encontro que reuniu representantes territoriais de cultura e coordenadores dos 17 Centros de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado em Valença

Fortalecer as políticas culturais em todos os 27 territórios de identidade da Bahia foi o objetivo do encontro que reuniu representantes territoriais de cultura e coordenadores dos 17 Centros de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado em Valença

 

 

Ascom Secult | Foto Rosilda Cruz

Alinhar as ações e fortalecer as políticas culturais em todos os 27 territórios de identidade da Bahia foi o objetivo do encontro que reuniu representantes territoriais de cultura e coordenadores dos 17 Centros de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) no Centro de Cultura Olívia Barradas, em Valença – Território Baixo Sul,  durante a semana passada.

No diálogo, o gestor falou sobre seu empenho para impulsionar as políticas culturais no estado e sobre a ideia de criar um programa de apoio ao desenvolvimento da cultura nos municípios. Para o desenvolvimento do programa, que deve ser lançado em 2016, foi designada uma equipe da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). “O programa será estruturado em cinco linhas: formação para gestão cultural, apoio aos sistemas municipais de cultura, lançamento de edital através das prefeituras, patrimônio histórico e apoio às redes do fazer cultural”, afirmou Portugal.

O secretário de cultura, Jorge Portugal com Tiago Lira, representante territorial

O secretário de cultura, Jorge Portugal com Tiago Lira, representante territorial

 

A programação incluiu, ainda, dois pontos importantes sobre a participação da sociedade civil na administração pública: a discussão sobre as Câmaras Temáticas de Cultura e a criação dos Colegiados de Gestão Participativa nos Espaços Culturais. “Este encontro é fundamental para a consolidação de nossas políticas de territorialização da cultura. Aqui, os coordenadores dos centros e representantes territoriais estão pactuando formas de trabalho em cooperação”, disse o superintendente de Territorialização da Cultura da SecultBA, Sandro Magalhães. Representantes das unidades vinculadas da Secretaria – Fundação Pedro Calmon, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia – também participaram das discussões.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br