ABL completa 14 anos na Semana da FLIB

Publicada em 20/05/2019 às 07:48

Texto da Assessoria da ABL

A Academia Barreirense de Letras, (ABL), que hoje, 20, completa 14 anos de criação, está participando da organização da IV Festa Literária de Barreiras (Flib), como uma das instituições curadoras.

A programação da festa literária movimenta o Centro Histórico da cidade de 23 a 25 de maio com eventos simultâneos em diversas praças, como a Castro Alves, Landulfo Alves e Duque de Caxias (do Coreto) e espaços públicos como o Palácio das Artes, o Centro Cultural Rivelino Carvalho e o Mercado Cultural Caparosa.

O tema deste ano “Cultura dos Gerais desaguando nas literaturas” traz uma reflexão sobre a temática ambiental e é uma homenagem às riquezas naturais do Cerrado, também conhecido como Gerais pelas comunidades tradicionais desta região.

O novo modelo da festa artística e cultural, que nas edições anteriores teve como espaço o Parque de Exposições, tem a proposta de ocupar o centro antigo da cidade, que concentra vários espaços disponíveis para as artes e as culturas.

A abertura oficial será dia 23, às 19h no Centro Cultural Rivelino, com a Conferência “A leitura como empoderamento humano” com Antônio Torres. No entanto, desde as 8h de quinta-feira as atividades serão deflagradas nos diversos espaços disponíveis para a Flib.

Além dos autores que compõem a ABL e outros da região oeste que também se farão presentes, em debates, palestras, oficinas e lançamentos de livros, a Flib traz como convidados, os escritores Antônio Torres, Susana Ventura, Ivone Assis, Anton Ross, Marco Haurélio e Eromar Bonfim.

Para facilitar a organização foram criados espaços para diferentes públicos, tais como: TRILHA DAS ÁGUAS – FLIB TEMA & ARTE: constituída com conferência, mesas temáticas, palestras, cinema, exposições, oficinas, intervenções artísticas. Compreende a programação do Centro Cultural, Mercado Caparosa, e praça Landulfo Alves.

TRILHA DOS PEQUIS – FLIB AUTORES: destinada a lançamento de obras literárias, recitais de poesias, saraus, cordéis, conversa com escritores e, tudo que envolve o quesito livro/literatura. Terá lugar na praça Duque de Caxias (do Coreto)

TRILHA DOS BURITIS – FLIB JOVEM: abrigará performance literária, a expressão de todas as artes: música, dança, teatro, entre outras. Com ações principalmente no Caparosa e na Landulfo Alves.

TRILHA DOS OITIS – FLIBINHA: universo reservado especialmente ao público infantil para contação de histórias, teatro, lançamento de livros infantis, tudo feito a partir do lúdico do Sítio do Picapau Amarelo. Acontece no palácio das Artes e praça Castro Alves.

A realização da Flib é da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, sendo curadores o IFBA, Campus IX da Uneb, Ufob, NTE 11 e a ABL. O patrocínio é de diversas empresas da iniciativa privada.

ABL – 14 anos de história

(Mensagem de aniversário da presidente da ABL, Ananda Lima).

Ao longo dos anos a Academia Barreirense de Letras-ABL, tem criado espaços e situações de fomento a leitura e escrita na cidade de Barreiras.

A instituição atualmente, conta com vinte e cinco membros efetivos. Destes, oito são fundadores. A produção tem sido crescente, contemplando gostos diversificados. Além de três membros correspondentes. A ABL conta com escritores de literatura infantil, poetas, romancistas, contistas, cordelistas, cronistas, biógrafos, cientistas e arte visual.

A instituição tem firmado, ao longo dos anos, parcerias importantes para a consolidação de suas atividades: Ponto de Cultura Flor do Trovão, UFOB, UNEB, Prefeitura Municipal, Polícia Militar, são alguns dos parceiros que auxiliam a instituição no fomento à literatura e atividades sociais.

Alguns projetos da instituição têm tido grande repercussão não apenas literária, mas, social também. Entre elas, destacam-se a Roda de Conversa e Poesia na Praça que agrega escritores da instituição, escritores locais e apreciadores da arte. Este projeto tem sido espaço de encorajamento para novos escritores, especialmente, os poetas e poetisas; ABL e UFOB nas Literaturas, se configura numa ponte entre o universo cientifico e a arte literária, como mecanismo de sublimação do belo e da resistência dos pensamentos e ideias que perpassam a conjuntura social; Escrevivências Geraizeiras, espaço de aprofundamento e manifestação da cultura dos Gerais, momento de pertencimento local, redescoberto pelas diversas linguagens artísticas inspiradas nos Gerais; Cartas para a Vida, projeto que incentiva a escrita de cartas com mensagens de esperança e superação. Mas, que também busca auxiliar pessoas na superação de suas dores emocionais. Se configura numa ação de fomento à Vida, combate ao suicídio e depressão; ABL na Escola, atividade que aproxima os escritores da instituição da escola. Conforme convite, o escritor vai à Unidade de Ensino. Alguns fazem palestras, participam de rodas de conversas, contam histórias, fazem oficinas.

Sem dúvida, a instituição tem um ciclo de atividades intensas, desmistificando a ideia outrora de Academias de Letras inacessíveis, apenas para honrarias e cerimoniais. A Academia de Letras de Barreiras tem se destacado pelo importante trabalho de fomento à leitura, à cultura que vem realizando ao longo de seus 14 anos de existência, graças aos seus membros e parceiros.

O incrível, é que a ausência de sede, não foi impedimento para a ABL despontar como uma grande instituição de fomento à literatura. Imagina quando esta importante referência literária tiver um espaço para organizar seu acervo, atender o público, desenvolver suas atividades? É bem provável que não sejam seus escritores os mais beneficiados, mas a sociedade barreirense e oestina. Seus membros já mostraram que potencial e força literária, não lhes faltam. Vontade e articulação para o empoderamento da cultura, também não.

20 de maio, um brinde à ABL, um brinde à literatura barreirense!

Depoimento de Durval Nunes

14 anos de ABL

A Academia Barreirense de Letras nasceu da necessidade de se agregar os artífices das letras que pontuam neste território tão vasto e tão acolhedor cognominado Nação Oestina.

Há muito se sabia de expoentes literários que vicejavam por cá, desde priscas eras, mas sem a visibilidade que lhes permitisse sair do casulo.

Em 2005, a historiadora Ignez Pitta de Almeida, o agrônomo Durval Nunes e o médico Luiz Gonzaga Pamplona iniciaram a garimpagem de pessoas com afinidade literária, culminando na criação da ABL a 20 de maio daquele ano.

A ABL teve a oportunidade de evidenciar talentos, como a saudosa Mãe Dadá – Edelvira Wanderley Moreno, barreirense, que publicou sua obra quase aos 70 anos; Nadir Xavier de Andrade, aqui residente, nascida em Ibitiara, na Chapada Diamantina, com militância em São Paulo, onde já publicara algumas obras, e Dilson Ribeiro, advogado e jornalista barreirense, com inúmeras obras publicadas, membro da Academia de Letras de Brasília.

A informação de que Barreiras já criara sua Academia de Letras atraiu o Doutor Aidenor Aires, ilustre promotor de justiça, professor universitário, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, poeta renomado e escritor laureado com inúmeros títulos publicados, um filho de Riachão das Neves radicado em Goiânia. Atualmente presidente da Academia Goianiense de Letras, o imortal Aidenor Aires faz questão de prestigiar nossa ABL.

Nessa trajetória, galgando degrau por degrau, a ABL chega à sua “puberdade literária” com saldo positivo de mais de duas dúzias de títulos publicados e a participação lisonjeira de dois ícones da literatura: O Dr, Aidenor Aires e o Dr. Dilson Ribeiro (falecido em 2013).

A ABL precisa ainda de muito esforço e dedicação de seus membros. A “Cessão de Uso” do primeiro Paço Municipal de Barreiras, outorgada pelo prefeito João Barbosa Sobrinho, a quem rendemos nossa gratidão, é, sem dúvida, uma conquista alvissareira, que deverá trazer uma nova fase para a instituição que precisa e merece se expandir, para promover, estimular e difundir a cultura literária da Nação Oestina, em seus diversos matizes, para todos os quadrantes do Universo.

Durval Nunes – durval.chicha@hotmail.com

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br