PSOL debateu o agronegócio e o desemprego da região Oeste neste domingo

Publicada em 13/02/2017 às 13:53

Ascom Psol BA

Jovens, professores, funcionários públicos, lideranças comunitárias e militantes de Luís Eduardo Magalhães, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia, Malhada e Barreiras discutiram conjuntura política atual e os principais problemas sociais, econômicos e políticos que atingem a população do Oeste da Bahia. O evento ocorreu neste domingo, 12, na Câmara de Vereadores, de Barreiras, e teve como tema ” O Oeste não é o celeiro da Bahia: entre o agronegócio e o desemprego” e foi IX Seminário de Formação Política realizado pelo PSOL no Estado.

A liderança Paulo Vielmo, do Diretório Municipal de Barreiras e integrante da Direção Estadual do PSOL, parabenizou a iniciativa e destacou que é filiada ao PSOL há nove anos e nunca havia sido realizado pelas Direções Estaduais anteriores uma atividade na região Oeste. “Esses seminários são extremamente relevantes porque discutem o tema mais amplo que é a conjuntura política nacional, internacional, as perspectivas do socialismo, e, ao mesmo tempo, abordam as questões específicas da região percebidos dentro de um contexto macropolítico”, comemorou a militante.

Segundo Paula Vielmo, os seminários conseguem estabelecer uma articulação entre os municípios, fortalecendo a atuação do partido. “O agronegócio tem desmatado muito. Os seis municípios que mais desmatam no Brasil estão no Oeste. Através da apresentação dos dados do Ministério do Trabalho, pudemos desmistificar a ideia de que o agronegócio gera muitas vagas de emprego. Dentro do sistema capitalista, o desemprego é estrutural!”, enfatizou a militante.

Para o presidente do Diretório Municipal do PSOL de Santa Rita de Cássia, Diego Guerra, o evento discutiu as diversas realidades das cidades que participaram do seminário e não se limitou a debater os temas, sugeriu possíveis soluções aos problemas locais. “A região Oeste é um Polo industrial de soja e algodão. Com o seminário nós passamos a entender melhor as dificuldades da região e fortalecemos a militância e o próprio PSOL “, frisou.

A atividade foi uma realização da Secretaria de Formação Política da sigla, representada por Rafaela Cardoso. Durante o seminário, Cardoso pontuou a dificuldade de promover um trabalho de formação política em uma região marcada pela forte presença de coronéis e do agronegócio. “O desemprego que, infelizmente, é muito acentuado no Oeste faz com que as pessoas se tornem reféns dos donos do poder”, ressaltou. O presidente estadual do PSOL na Bahia, Ronaldo Santos, participou do evento.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br