OAB proclama 2016 o ‘Ano da Mulher Advogada’

Publicada em 10/03/2016 às 07:54

oab1

Por Jeane Figueiredo

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher advogada, a OAB – subseção de Barreiras realizou um grande evento em sua sede para homenagear as advogadas e estagiárias.

Denominado “Mulher em foco”, o evento foi organizado pela Comissão da Mulher Advogada da subseção e contou com diversos serviços gratuitos às advogadas e estagiárias, palestras e discussões sobre o Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada e o empoderamento da mulher.

A representatividade da mulher em todos os setores da sociedade e mercado de trabalho encontra-se em franco crescimento. Na advocacia, as mulheres já são em número superior a 370 mil advogadas e 22 mil estagiárias, em todo o território nacional.

Este número expressivo levou o Conselho Federal da OAB a aprovar, no ano de 2015, o Plano Nacional da Mulher Advogada (Resolução 164). Referido documento visa garantir os direitos peculiares às mulheres em todos os setores aliados à OAB e sociedade, representando um marco na luta pela igualdade não somente das classistas, mas de todas as mulheres.

Com base no plano nacional de valorização da mulher advogada, o Conselho Federal da OAB editou a Resolução 01/2016, que instituiu o ano de 2016 como o “Ano da Mulher Advogada”.

Atento a tais resoluções, o presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Barreiras-BA, Dr. Alessandro Brandão de Campos Lima, empossou no dia 25 de fevereiro do corrente ano, as integrantes da “Comissão da Mulher Advogada”, dentre as quais, a presidente da comissão a Drª Lilian Castro Oliveira, bem como, a Drª Elza Ferreira Malta Victor, vice-presidente, e as Drª(s) Jeane Figueiredo de Melo Oliveira, Cristiane Luzia Vieira Ximenes de Chaves e Carmen Queiroz Santrovitsch.

 
A Advogada Lilian Castro Oliveira, afirmou que está atenta às diretrizes do Conselho Federal e não medirá esforços para implementar políticas em favor da mulher advogada no âmbito de nossa região, colocando em prática, com pulsos firmes, a defesa das prerrogativas.

oab2

 

Destacou também, a atuação conjunta entre a Comissão da Mulher Advogada e a Comissão de Defesa de Prerrogativas da Subseção, presidida pela Drª Bárbara Mariani, mediante imediata comunicação entre as Comissões, em qualquer atendimento que tenha por ofendida uma Advogada. Segundo Drª Lilian “A valorização do advogado, passa sem dúvidas pela valorização da mulher advogada, que possui hoje enorme representatividade na classe, embora ainda sofra com fortes preconceitos nos fóruns e delegacias onde atua”.

Outra frente de trabalho será voltada para ações efetivas no campo social, tais como: estudo das condições da carceragem feminina na cidade de Cristópolis/BA, onde a situação das mulheres presas não difere muito dos presídios masculinos. O estudo inicial permitirá a elaboração de um plano de ação para efetiva melhoria nestas condições.

O trabalho da Comissão da Mulher advogada será realizado em três vertentes principais, sendo elas: estudo jurídico, defesa das prerrogativas e trabalho no campo social, seguindo as diretrizes traçadas pelo Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada.

oab3

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br