Mãe pede ajuda para filha que nasceu com Hidrocefalia

Publicada em 23/02/2016 às 09:39

hidrocefalia

Da redação JornalNF

Graciela de Souza Santos, mãe da pequena Maria Vitória, de três meses de idade, pede ajuda para que ela possa dar uma vida melhor para sua caçula que nasceu com Hidrocefalia, que é aumento anormal do fluido cefalorraquidiano dentro da cavidade craniana, acompanhado de expansão dos ventrículos cerebrais, alargamento ósseo, sobretudo da testa, e atrofia encefálica, de que resultam deficiência mental e convulsões.

Natural de Morpara, na região do Médio São Francisco, Graciela mudou-se para Barreiras, em função de que em sua cidade não existem recursos médicos capazer de melhorar a qualidade de vida de Maria Vitória.

Morando de favor em casa de conhecidos na Vila Nova, em Barreiras, a mãe pede ajuda em leite, fraldas, roupas de bebe ou dinheiro para comprar medicamentos. “Apesar de ser cadastrada no Bolsa Família, o recurso não é suficiente para o acompanhamento médico e para a compra de medicamentos”, desabafou a mãe, alegando que sua filha já realizou uma operação para a retirada do líquido do cérebro e o custo com medicamentos é alto.

Graciela comentou que convive com uma dolorosa incerteza,pois o médico que operou Maria Eduarda disse que é muito cedo para afirmar se sua filha vai poder falar e andar um dia.

Além de Maria Vitória, Graciela é mãe de de outras duas filhas, de 07 e 04 anos e apesar da ajuda dos conhecidos onde reside, tem passado por sérias dificuldades.

As pessoas que puderem ajudar devem entrar em contato pelo fone (77) 99926-9672 ou irem até a Rua C, nº 18, Vila Nova e deixarem seus donativos. Desde já ela agradece a ajuda.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br