Instituto Aiba e Banco do Nordeste renovam parceria para financiar projetos sociais

Publicada em 26/02/2017 às 10:13

Ascom Aiba

O produtor rural do Oeste baiano tem um motivo a mais para contribuir com o Fundo para Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis): o Banco do Nordeste, entidade parceira, renovou o acordo de cooperação técnica e financeira com o Instituto Aiba, que mantém o Fundo.

A boa notícia foi dada à categoria, no dia 17, durante a cerimônia de posse da nova diretoria da Aiba, tendo como testemunha da assinatura do instrumento o governador Rui Costa. A parceria prevê a redução do valor da tarifa de estudo e contratação das operações de custeio (de 1,0% para 0,5%), aliado à redução dos custos cartorários com o programa Planta Nordeste. O agricultor, por sua vez, autoriza voluntariamente o repasse, para o Fundesis, de parte da redução do custo do financiamento obtido.

Os recursos doados são investidos em instituições sociais, proporcionando transformação social para milhares de crianças, jovens e idosos em situação de vulnerabilidade.

Criado em novembro de 2006, o Fundo já investiu mais de R$ 3 milhões em 45 entidades de 13 municípios da região Oeste, totalizando mais de 50 mil pessoas beneficiadas. Nestes dez anos, foram financiados 81 projetos nas áreas de saúde, educação, cultura, inclusão social e digital, esporte, preservação ambiental, agricultura sustentável, além de fomentar o empreendedorismo e gerar emprego e renda. Em sua totalidade, os projetos contemplam a população de baixa renda e promovem o desenvolvimento social integrado e sustentável dos municípios.

O superintendente estadual do Banco do Nordeste na Bahia, Antônio Jorge Pontes Guimarães Júnior, destacou a importância da parceria do produtor rural da região com o Banco do Nordeste, por meio do Fundesis. “A ação conjunta e compartilhada é a prova de que a união pode, sim, produzir bons frutos, com seriedade e respeito à contribuição de cada um”, afirmou.

Para o presidente do Instituto Aiba, Celestino Zanella, o Fudesis é o instrumento que o produtor usa para agir do lado de fora da porteira da fazenda, dando a sua contribuição para transformar vidas e melhorar o quadro social da região onde ele (o agricultor) escolheu para viver. “Estamos semeando solidariedade, com o objetivo de colher uma sociedade mais justa e mais equilibrada socialmente. Pode parecer pouco, mas se cada um fizer a sua parte, a transformação é grande”, salientou.

Além da contribuição espontânea dos produtores rurais, qualquer pessoa física ou jurídica pode colaborar com o Fundo. Os interessados devem procurar a coordenação do Fundesis, na sede da Aiba, para obter mais informações sobre doações. A verba é acompanhada sistematicamente pela coordenação do Conselho Deliberativo do Fundesis, formado por representantes da Aiba e do Banco do Nordeste, que elege os projetos de instituições de cunho social. Cada entidade pode receber o valor máximo de R$ 50 mil.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br