Empresa de Barreiras cresce após ser atendida pelo ALI

Publicada em 19/01/2015 às 13:43

Com as inovações, o empresário Vandilson de Souza registrou uma redução de 40% nos gastos da empresa

Com as inovações, o empresário Vandilson de Souza registrou uma redução de 40% nos gastos da empresa

 

Cheilla Gobi – ASN Bahia

Com o objetivo de melhorar a gestão e inovar nos negócios, a empresa do setor de confecção Milícia Modas, que atua há mais de 20 anos em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no Oeste baiano, decidiu investir em capacitação e, de 2013 a 2014, o empreendimento passou a ser acompanhado pelo programa Agentes Locais de Inovação (ALI). Como resultado, a empresa, que trabalha com vendas de produtos esportivos e fardamentos militares no atacado e varejo, ficou ainda mais organizada.

Durante o período, a Milícia Modas contou com acompanhamento gratuito, contínuo e especializado de um agente de inovação do Sebrae. A partir daí, refinou o atendimento e investiu em ferramentas para interagir com clientes, tanto através da comunicação digital, com a reestruturação do site da loja e presença no Whatsapp e no Facebook, como por meio de caixas de sugestões. O resultado foi um aumento de 15% no faturamento.

“As novas tecnologias chegaram com tudo, precisamos acompanhar esses avanços, e o ALI nos proporcionou essa interação por meio da internet. Com isso, já percebemos um grande salto no faturamento”, explica o empresário Vandilson de Souza. Outro dado mensurado pelo empresário foi a redução de 40% nos gastos com energia e telefone, além de compras excessivas – a empresa mantém hoje um estoque equilibrado.

A empresa investiu ainda em identidade visual, com a criação de nova marca, fachada e aplicação de novos conceitos em outros materiais, como panfletos e cartões de visita. Outra mudança apontada pelo empresário, que também participou de outras capacitações ministradas pelo Sebrae, como o Empretec e o curso de Gestão Financeira (GF), foi em relação ao controle de caixa da empresa. “Depois das consultorias, estamos tendo um controle melhor da empresa, hoje eu já sei o que eu ganho e o que eu gasto”, afirma Vandilson.

De acordo com o Agente Local de Inovação que acompanhou a Milícia Modas, Carlos Cayres, no decorrer das visitas foi identificada a necessidade de ações fundamentais para o crescimento da empresa e, em seguida, apresentadas as soluções às demandas. “A empresa melhorou sua posição no mercado e investiu na proteção da sua marca”, enfatiza Cayres.

Inscrições abertas para o ciclo 2015/16

O programa Agentes Locais de Inovação (ALI), que já tem as inscrições abertas para o ciclo 2015/2016, é um acordo de cooperação técnica entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Sebrae, com o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação proativa e personalizada.

O ciclo 2013/14, encerrado no dia 31 de dezembro, atendeu e acompanhou cem empresas em Barreiras, nos segmentos de moda, automotivo, alimentos e saúde. Na etapa que se inicia, serão atendidos os setores do comércio, indústria e serviço, nos segmentos de educação, construção civil, saúde, metal-mecânica, turismo e entretenimento, e movelaria e decoração.

Mais informações podem ser obtidas no Sebrae Barreiras, localizado na Avenida Benedita Silveira, nº 132, Edifício Portinari, Centro, ou pelos telefones (77) 3611-3013/4574.

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br