De volta ao lar

Publicada em 11/03/2021 às 08:15

Por Thianne Lira

O sorriso estampado no rosto deixa claro que o maior desejo de dona Maria José foi realizado. A paciente, que deu entrada no Hospital do Oeste (HO) em agosto do ano passado, finalmente pôde voltar para casa! E quem vibrou junto com ela foi a equipe assistencial da unidade, que durante esse período se tornou sua segunda família. “O retorno para casa fortalece os vínculos familiares, trazendo a consciência à paciente de que ela não está sozinha, de que a sua família está ali junto nesse momento de enfrentamento, em um novo contexto de vida”, comentou a psicóloga Tamara Cardozo.

Para que o processo de desospitalização possa acontecer com segurança, primeiro é realizada uma avaliação entre a equipe multidisciplinar do Hospital do Oeste junto ao núcleo interno de regulação sobre o quadro clínico e emocional do paciente. Após análise, caso se verifique um perfil de atendimento domiciliar, estes pacientes são redirecionados para o Programa de Desospitalização do Estado da Bahia, através do qual terão a continuidade do tratamento.

“Estamos muito felizes, pois sabemos que, mesmo com os cuidados da nossa equipe, voltar ao seio familiar é o reflexo de mais qualidade de vida, como a melhora do seu estado emocional e a redução dos riscos inerentes ao ambiente hospitalar”, comentou a coordenadora de Enfermagem, Marina Barbizan.

O programa de desospitalização contribui para a desocupação de leitos nas unidades hospitalares, ao tempo em que garante aos pacientes contemplados um acompanhamento multidisciplinar no próprio domicílio. O processo conta com o apoio de equipes formadas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais, fonoaudiólogos, nutricionistas, odontólogos, psicólogos, farmacêuticos, além de terapeutas ocupacionais.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br