Sou Cristão e Adoro Lula. #Prontofalei

Publicada em 08/03/2016 às 13:45

lula

Por Luiz Gonzaga- http://verdadend.blogspot.com.br/2016/03/sou-cristao-e-adoro-lula-prontofalei.html

Realmente estou admirado com postagens em defesa de Lula e críticas à Justiça e a Polícia Federal. Fico ponderando sobre tamanha motivação principalmente de cristãos. Em Paralelo, não vejo nestes, uma gota de suor pela Causa dos Valores do Reino ou uma lágrima pelo seu aparente Senhor que foi crucificado injustamente tornando-se exemplo de julgamento injusto. Ao contrário e curiosamente, vejo um apoio e uma militância invejável se comparado a ministérios nas suas igrejas locais. Vejo militância cristã esquerdista fervorosa clamando pelo Lula do povo e contemplo ao mesmo tempo o Jesus Cristo pobre num crucifixo apregoado com sua imagem desgraçada nas paredes dos tribunais, enquanto tais cristãos militantes lembram-se de seu aparente senhor apenas daqui a alguns dias que se aproxima a chamada Semana Santa. Ao invés disso, vejo sim, a paixão de cristãos por um homem pecador (Luis Inácio), alvo de investigação séria e documental. Vejo postagens efervescentes como se o tal fosse o próprio Cristo e tratado como tal, faz muitos cristãos incorrerem em Idolatria e da mais vil: Glorificar Criatura no lugar do Criador (“Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente”. Rom 1:25).

Quem dera muitos de nós que somos fervorosos em nossa militância tanto esquerdista quanto conservadora, canalizasse tais forças pelo Evangelho. Quem dera parássemos de culpar o “sistema capitalista elitista” e tornássemos à verdade: “Fiel é a palavra, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecador 1 Timóteo 1:15. Ainda sim, eu prefiro lutar e defender um homem como se o mesmo fosse a saída para a pobreza da nação, sendo que eu cristão entendo e sei que a maior pobreza do homem é seu vazio espiritual. Antes  pois, prefiro ser desonesto comigo mesmo, creditando honra e glória a um homem que segundo suas afirmativas tirou 30 milhões de pessoas da linha de pobreza, ainda que seja por causa de fatores externos e autorizados pelo próprio Deus que é soberano em determinar a estabilização da economia por outro governo antagônico anterior ao Deus Lula que eu cultuo e venero. Quem ordena ao povo sair da linha de pobreza não é o “homem da nação”, mas o próprio Deus que usa governos para seus propósitos soberanos e isso é dom gratuito não vem dos homens. Doutra sorte, eu cristão militante esquerdista, creio que foi o Deus-Lula que opera tanto o querer quanto executar na nação. Na verdade o evangelho e os valores do reinos que se ferrem porque são adendos na minha vida que se coincidem com os valores da esquerda ou com o meu deus-homem-lula.

lula1

Como não amar e cultuar um homem que se diz mais honesto que qualquer um no país? Todo homem busca um pai. A própria religiosidade esquerdista vislumbra tal verdade. Por que não lembrar de Freud em 1910 que, com a obra Leonardo da Vinci e uma lembrança de sua infância, estabeleceu pela primeira vez uma ligação entre o complexo paternal e a crença em Deus. Para Freud, “a religião é a neurose obsessiva universal” (Freud, 1907, p. 109). Isso significa que a religião busca obsessivamente o pai idealizado da infância, todo poderoso, onipotente, garantia de completa segurança. Infelizmente, eles não sabem como tal verdade casa perfeitamente com isso. Minha oração é que tornem à verdade. Que canalizem as forças para o que de fato importa: Os valores do Reino! Ainda sim chegarão ao final deste texto e não entenderão. Deus tenha misericórdia de nós cristãos. Ainda sim chegarão ao final deste texto e não entenderão ou acharão que é perseguição de direitista-entreguista-elitista.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br