Muitos encarnam, porém poucos os que nascem

Publicada em 26/08/2015 às 16:15

bebe

Por Renilson Freitas

Esse mês tem sido intenso, pelo menos para mim. Muitas mudanças estão ocorrendo no nosso planeta e algumas mentes têm a falsa sensação que as coisas estão piorando, mas acreditem, nunca estivemos tão iluminados na nossa trajetória evolutiva. Em quase todas nossas conversas (tenho esse espaço como canal de ida e vinda de informações) venho batendo nesta tecla, a evolução está aí para todos e acredito que todos estão evoluindo, talvez em velocidade e caminhos diversos, mas evoluindo.

Esse período de transformações, pode ser doloroso na maioria dos casos. A crise econômica, câncer, doenças psicossomáticas, enfim, a mente limitada pode interpretar a necessidade de mudança de forma negativa em diversos aspectos, mas isso é uma escolha, que na maioria das vezes ocorre a nível inconsciente. Por isso, é imprescindível a busca pelo autoconhecimento, pelo equilíbrio da mente, a sintonia mente-coração.

Apesar do caminho ser simples, sua jornada é árdua e requer dedicação, vontade e amorosidade. A mente em desarmonia busca a fuga de si mesmo, porque o caminho está dentro. Nós criamos as dificuldades que vamos enfrentar, mas de forma inconsciente queremos fugir sem encarar nossas angústias, nossos medos, a nós mesmos. Coragem queridos irmãos. Busquem estar presentes na vida, na família, no trabalho, nos momentos de lazer, assumir o seu lugar nesta vida para que possa realizar o trabalho que se destinou a fazer.

Ouvi de um amigo que “muitos encarnam, porém poucos nascem”, pois, para nascer é preciso coragem. O ser que nasce está presente na vida e conectado a si mesmo, à natureza, à missão que ele mesmo destinou para cumprir nesta vida. Chegou a hora de nascer, arregaçar as mangas e trabalhar, organizar sua vida, tirar o lixo debaixo de tapete e fazer uma limpeza geral. Outros serão inspirados pelo seu gesto e farão o mesmo.

Não temam as intempéries da vida. Buscando os sentimentos de amor e gratidão, entramos em sintonia com a sabedoria suprema e compreendemos os ensinamentos que estão sendo ensinados. Esse é um caminho que harmoniza mente e alma, trazendo paz ao espírito e materializando ações de paz e amor nas nossas relações com o outro, com a natureza. A cada dia que passa a luz está mais intensa, a vibração aumenta gerando desbloqueios energéticos em todos os níveis. A mente consciente estará de acordo com a vontade universal e assim estaremos em paz com o divino.

Amor e luz!

3 Comentários

  1. Flávio disse:

    Belíssimo texto!! A tendencia de fuga é realmente grande nesses tempos difíceis! Parabéns!

    Caro Cícero, a evolução vem do aprendizado que tiramos de nossos erros, ninguém disse que matar é correto, porém não somos robôs e possuímos o livre arbítrio, quem optar por esse caminho indubitavelmente colherá as consequências pois sua própria consciência o acusará, como descrito na lei de ação e reação de Newton, é um princípio presente em nossas vidas é só observar. Diz-se que após a tempestade vem a bonança, e a partir dessas convulsões sociais que temos testemunhado muitos se indignarão, como no seu caso, e isso nos levará a uma reflexão mais profunda de nossa conduta, que de outra forma por vezes, não aprofundaríamos tanto, um exemplo disso é essa própria discussão, você leu o texto comparou com a realidade e iniciou um processo de reflexão, da mesma maneira outras pessoas seguirão esses passos e se aprofundarão cada vez mais e se encontrarão cada vez mais no processo, prova de que o texto cumpre seu objetivo de trazer um pouco de luz.

  2. Michela Rodrigues disse:

    Li o post e gostei muito da visão de Renilson.
    Quando se trata do assunto tirar a vida do próximo, aborto e eutanásia temos que analisar o livre arbítrio. Temos a escolha…
    Em muitos casos o aborto é uma forma da “mãe” não aceitar naquele momento o compromisso de gerar uma vida, seja, por compromisso com aquele ser encarnado ou pela vibração que o espirito dele emite.
    Vejo a eutanásia como forma de minimizar a dor, mas que é uma missão do sofredor para minimizar sua dor, e quem faz se torna corresponsável pelo ato de cessar a experiencia.
    Cada coisa acontece dentro da obra do Pai com motivos e autorizações para que possamos evoluir. Sou espírita há 12 anos e essa nova visão da vida, mudou demais minhas escolhas e entendimento. Só acredito que nada acontece por acaso, tudo tem seu motivo, e que nada, nada mesmo, nem uma folha seca da arvore cai sem o consentimento da obra divina.

  3. Cícero Tavares germano disse:

    Muitos são concebidos; Porém, poucos nascem. Como as leis de aborto e eutanásia matar o ser humano indefeso passou a ser evolução humana?

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br