Produtores podem contar com o Centro de Apoio e Regularização Ambiental

Publicada em 05/03/2015 às 15:47

relurizacao

Ascom Abapa

O Centro de Apoio e Regularização Ambiental das Propriedades Produtoras de Algodão e Culturas Acessórias do Oeste da Bahia já é uma realidade na região oeste da Bahia. Criado pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), o Centro vai auxiliar o produtor rural a manter a regularidade de suas propriedades e, consequentemente, das atividades agrícolas.

”O Centro de Apoio e Regularização Ambiental, possibilitará que todos os associados da Abapa, tenham informações para fazer o Cefir com o máximo de presteza, tendo a orientação adequada, dada pela Drª em botânica e bióloga, Alessandra Chaves. Assim, o produtor poderá sanar quaisquer dúvidas sobre áreas de preservação permanente, reservas legal, aproveitamento de material lenhoso, supressão vegetal, ficará por dentro dos prazos e das pessoas, prefeituras, estado, responsáveis por cada ato ambiental.”, disse o presidente da Abapa, Celestino Zanella.

Além dos serviços de orientação, acompanhamento de procedimentos e normas sobre regularização ambiental da propriedade e o cumprimento da legislação, o Centro presta assessoria para a adesão e atualização de dados junto ao Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), realiza a conversão de arquivos de mapa do formato DWG para Shapefile (shp), para inscrição no Cefir, e acompanha a adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA).

Para a coordenadora do Centro e Diretora de Meio Ambiente da Aiba, Alessandra Chaves, “a implantação do Centro, irá contribuir de forma muito positiva com a ampliação do conhecimento dos produtores rurais frente as mudanças ocorridas nas legislações ambientais, em especial a partir de 2012 quando da publicação do Código Florestal e em 2014 para as novas regulamentações da Política Ambiental do estado da Bahia, o que consequentemente irá contribuir para regularização ambiental da propriedade rural”, disse Alessandra.

O projeto conta com recursos provenientes do Instituto Brasileiro do Algodão (Iba).

COMO TER ACESSO

O centro está localizando na sede da Aiba/Abapa, em Barreiras, e funciona das 8 às 12h e das 14 às 18h. O serviço de assessoria para realização do Cefir só é realizado mediante agendamento. Dessa maneira, os interessados deverão entrar em contato com a diretoria de Meio Ambiente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e marcar o atendimento através dos seguintes canais de comunicação:  Tel.: (77) 3613 – 8000/8027 e E-mail: meioambiente@aiba.org.br.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br