Presidente da Abapa se reúne com novo ministro de Infraestrutura e Transportes em Brasília (DF)

Publicada em 08/02/2019 às 07:46

Ascom Abapa

O presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Busato, esteve reunido na última terça-feira, 05, em Brasília (DF), com o novo ministro de Infraestrutura e Transportes, Tarcísio Freitas. Juntamente com o consultor técnico da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Raimundo Santos, o presidente da Abapa relatou os gargalos em infraestrutura e logística que prejudica a trafegabilidade e o desenvolvimento socioeconômico do Oeste da Bahia.

Eles entregaram um ofício reforçando a importância da construção da BR-020, entre a divisa Piauí/Bahia, até o entroncamento com a BR-135 (Barreiras/Fortaleza), implementação do novo traçado da BR 030, ligando o município de Cocos (BA) à BR-020, e conclusão do trecho da BR-135, ligando as sedes de São Desidério à Correntina.

Os agricultores também elencaram, com a entrega do documento, importantes demandas como licitação para concessão de novo terminal de fertilizantes e grãos (CODEBA) do porto de Aratu em Salvador para o setor privado, e a conclusão da Ferrovia Oeste Leste e Porto Sul para reduzir os custos no transporte de insumos e escoamento de grãos pela região.

Com a reunião considerada satisfatória, Busato acredita que o novo ministro se mostrou aberto ao atendimento das demandas dos agricultores baianos. “No final do ano passado, conquistamos a vitória junto ao Ministério com a federalização de 205 quilômetros que passará a integrar a BR-030, do trecho entre as cidades de Cocos, na Bahia, e Mambaí, em Goiás. Tenho certeza que continuaremos avançando em melhorias na logística para trazer mais desenvolvimento regional, emprego e renda para o Oeste da Bahia”, afirma.

Em relação à logística, os agricultores baianos vem trabalhando na recuperação de estradas, por meio do programa “Patrulha Mecanizada”, executado pela Abapa em parceria com a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e prefeituras. Desde o início do projeto, em 2013, foram recuperados cerca de 1780 quilômetros de estradas localizadas em importantes áreas produtivas. “Continuaremos buscando as parcerias necessárias, incluindo os governos federal e estadual, para recuperar mais estradas, melhorando as vias para o escoamento da safra e chegada de insumos e circulação de pessoas entre a zona rural e a cidade”, afirma.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br