BB lança em Luís Eduardo Magalhães agência com atendimento especializado para o Agronegócio na Bahia

Publicada em 18/07/2017 às 15:03

 

Ascom BB

O Banco do Brasil lança, nesta quinta-feira, 20, sua primeira agência com atendimento especializado para o Agronegócio na Bahia. A unidade do BB em Luís Eduardo Magalhães funcionará em horário estendido por agendamento, com equipe especializada em soluções agro e investimentos, com consultoria de engenheiros agrônomos e mais agilidade na análise de operações de crédito rural.

A cidade será a 17ª praça a receber o atendimento especializado para o Agronegócio. Com 60% do mercado de crédito rural no país, o BB pretende expandir o atendimento especializado para outras regiões com vocação para o agronegócio no país.

Banco do Brasil e o Agronegócio

O Banco do Brasil é um dos principais agentes indutores do desenvolvimento do agronegócio no País. Atuando desde o pequeno produtor às grandes empresas agroindustriais, o BB financia o custeio da produção e a comercialização de produtos agropecuários, estimula os investimentos rurais como armazenamento, beneficiamento, industrialização de produtos agrícolas e modernização de máquinas e implementos, além da adequação de propriedades rurais à legislação ambiental. Assim, o BB apoia o agronegócio brasileiro em todas as etapas da cadeia produtiva.

A carteira de crédito rural do BB alcançou R$ 152,2 bilhões, com crescimento de 5,7% em 12 meses. Conforme dados do Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), o BB detinha, em Mar/17, 58,4% de participação nos financiamentos destinados ao setor.

As principais atividades agrícolas na Bahia são soja, algodão, cacau e milho. Na pecuária, as principais atividades bovinocultura de corte, bovinocultura de leite e frango.

Na Safra 2017/2018, o BB disponibilizou R$ 2,5 bilhões de recursos para o crédito rural na Bahia. Desse montante, R$ 250 milhões são destinados à agricultura familiar, R$ 550 milhões aos médios produtores e R$ 1,7 bilhão a agricultura empresarial. Do total disponibilizado, R$ 1,9 bilhão é para crédito de custeio e comercialização e R$ 600 milhões para o investimento.

1 Comentário

  1. Valdir Dantas Cangussu disse:

    O BB está lançando uma um programa que já foi implantado há 06 anos na agencia 2997-1 – Luis Eduardo Magalhães-BA, quando foi instalado a agencia Private nas praças de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, cujas agencias fui gerente geral.
    Verifica-se que a Vice Presidência e Diretoria de Agronegócios não tem mesmo criatividade e ficam reinventando a roda e causando despesas desnecessárias e desvio de funcionários para reimplantar o que já existe. Superintendente Estadual e Regional são meramente meninos de recados, mais popularmente chamados de “marmitão”.

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br