Barreiras define Valor da Terra Nua

Publicada em 01/08/2015 às 21:02

soja

Ascom Aiba

Após reunião, incluindo a presença dos produtores rurais através da Aiba, Abapa e Sindicato Rural, a prefeitura de Barreiras avaliou e redefiniu o Valor da Terra Nua do município.

Para Barreiras, o valor médio por hectare definido para a lavoura de aptidão boa foi de R$3.800,00; para a lavoura de aptidão regular a média ficou em R$3.000,00; para a aptidão restrita o valor médio é de R$2.500,00; e no caso de pastagem plantada o valor médio ficou em R$1.900,00.

Em Luís Eduardo Magalhães, onde o VTN foi definido no dia 21 de julho, ficou determinado o valor médio por hectare de R$3.000,00, sendo áreas a) R$ 3.500,00; b) R$ 3.000,00 e c) 2.500,00 para a aptidão boa (da Isoetta 1.500 até a Serra Geral). Para aptidão regular (restante do município), o valor médio por hectare ficou em R$2.000,00, sendo áreas a) R$ 2.300,00; b) R$ 2.000,00 e c) R$ 1.700,00. Estes últimos valores serão utilizados para áreas de silvicultura e pastagens.

O presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato, elogiou os prefeitos por avaliarem e aplicarem valores correspondentes ao mercado. “Parabéns, prefeito Antônio Henrique de Barreiras e Humberto Santa Cruz de Luís Eduardo Magalhães, os valores atribuídos de VTN representam muito bem o que esta se praticando na região em termos de negócios. O apropriado seria que fosse adotado o mesmo modelo de avaliação pelas outras prefeituras da região, onde a Aiba tem seus associados”, disse Busato.

O Valor de Terra Nua (VTN) faz parte da declaração do Imposto Territorial Rural (ITR), tributo que incide diretamente nos custos dos produtores rurais.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br