Associativismo proporciona conquistas para o Agronegócio

Publicada em 25/10/2014 às 07:01

aiba

Ascom Aiba

Representação do setor diante das entidades governamentais, desenvolvimento de pesquisas e projetos de interesse do segmento, ação junto ao sistema financeiro para negociar melhores condições de crédito e triagem de empresas e fornecedores que desejem trabalhar com o setor. Essas são algumas vantagens que o agricultor pode ter ao se associar a uma entidade que trabalhe para resolver os entraves e interesses da sua atividade.

No Brasil, o associativismo foi o grande impulsionador do desenvolvimento no campo. No Oeste baiano, onde o Agronegócio é a mola propulsora da economia, existem mais de 100 cooperativas e associações, que foram determinantes no processo de estruturação, desenvolvimento e fortalecimento da atividade agrícola na região.

Um exemplo na região, é a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) que atua, há 23 anos, promovendo o desenvolvimento do Agronegócio no Oeste da Bahia de forma integrada, sustentável e socialmente responsável, atendendo às necessidades dos seus mais de 1.300 associados.

Desde a criação da Associação, importantes conquistas foram alcançadas, como a suspensão das cobranças do Fundo de Assistência e Previdência do Trabalhador Rural (Funrural) e do Salário Educação. Estão em andamento, ações para melhoria das estradas, do fornecimento de energia e da regularidade do serviço telefônico.

De olho na sustentabilidade, a regularização ambiental tem sido um dos principais focos da gestão Aiba. Para isso, ela oferece assessoria técnica ao produtor rural, referente a procedimentos vinculados ao cumprimento da legislação ambiental vigente. Entre os procedimentos estão o Programa de Regularização Ambiental (PRA), a adesão ao Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir) e/ou Cadastro Ambiental Rural (Car), licenciamento ambiental, supressão de vegetação, outorga e/ou dispensa de uso da água. No combate aos incêndios florestais, a Aiba já implantou duas Unidades de Monitoramento e Combate a Incêndios, abrangendo os municípios de São Desidério, Luís Eduardo Magalhães e Barreiras.

“As ações da Aiba vão desde a questão da infraestrutura até a fitossanitária, passando pelas áreas social e de pesquisa. É importante que todos os produtores do Oeste baiano procurem a Aiba e se associem. É a única maneira de crescermos todos juntos, de maneira integrada”, afirmou o diretor de Relações Institucionais da Aiba, Ivanir Maia, em entrevista ao programa “Conversa com o Agricultor”, na rádio Vale do Rio Grande, no dia 21 de outubro.

Para se associar a Aiba, o agricultor pode ir à sede da Associação, em Barreiras, ou ligar para o (77) 3613-8000 e se informar sobre quais os documentos necessários a filiação. A Associação também disponibiliza os seguintes e-mails aiba@aiba.org.br ou atendimento@aiba.org.br.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br