Abapa realiza primeiro Treinamento de Fluídos de Manutenção e Baterias

Publicada em 16/09/2014 às 10:19

Cerca de 30 vagas foram disponibilizadas para gerentes de fazendas, técnicos e encarregado

Cerca de 30 vagas foram disponibilizadas para gerentes de fazendas, técnicos e encarregado

 

Ascom Abapa

Para desenvolver novas competências técnicas especializadas na manutenção preventiva de máquinas agrícolas, a fim de elevar a eficiência operacional dos equipamentos, e sabendo da importância e carência de informações técnicas especializadas na manutenção preventiva dos equipamentos, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), através da parceria com a Agrosul/John Deere promoveu o curso de Fluídos de Manutenção e Baterias, entre os dias 09 a 11 de setembro, no Centro de Treinamento da Abapa (CTA).

Cerca de 30 vagas foram disponibilizadas para gerentes de fazendas, técnicos e encarregados. “Buscamos estar cada vez mais próximo dos associados, assim podemos visualizar as carências operacionais inerentes à manutenção de seus equipamentos. Procuramos disponibilizar treinamentos com profissionais altamente qualificados, sendo estes especialistas em graxas, óleos lubrificantes, líquido de arrefecimento e baterias”, disse o coordenador do CTA, Douglas Fernandes, que também afirmou que esse foi um programa piloto, “mas o retorno será duradouro e com toda certeza provocou mudanças positivas no comportamento daqueles que estiveram presentes. Este é o nosso compromisso treinar para transformar”, disse o coordenador do CTA, Douglas Fernandes.

Para o produtor, Seiji Mizote, o treinamento é uma forma de aprimorar o conhecimento na manutenção das máquinas. “Vimos a importância de usar uma boa graxa e um bom lubrificante, de maneira correta. Nem toda graxa é igual, existem qualidades diferenciadas. Não adianta comprar um produto pensando apenas no custo de aquisição, é preciso rever a qualidade, e a vida útil que vai proporcionar ao equipamento. O treinamento foi muito bom para fixar esses conceitos”, disse Mizote.

Segundo um dos instrutores do treinamento, Alan Fábio Machado, da divisão automotiva da Fuchs do Brasil, o treinamento foi realizado em três dias. No primeiro dia, os participantes viram sobre ‘Baterias e graxas em gerais’, no segundo dia, ‘Treinamento com óleos lubrificantes e graxas para colheitadeiras de algodão’ e no terceiro dia, ‘Lubrificantes Fluídos de arrefecimento e análises químicas’. “Os resultados desse treinamento, está ligado à formação técnica dos participantes e a capacidade de conseguir diferenciar os diferentes produtos que tem no campo”, disse Alan.

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br