Abapa mantém esforços no apoio às unidades de saúde durante epidemia do coronavírus

Publicada em 22/05/2020 às 08:12

 Ascom Abapa

Prestes a completar 20 anos de atuação, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) continua demonstrando apoio à sociedade neste período de pandemia do novo coronavírus. Nesta quarta-feira, 20, a entidade realizou a doação de toalhas, luvas, lençóis para uso de pacientes e profissionais de saúde durante os atendimentos no Hospital do Oeste, administrado pelas Obras Sociais Irmã Dulce, em Barreiras. A unidades de saúde também recebeu tecidos para a confecção de máscaras para distribuição e uso dentro da unidade hospitalar por pacientes e visitantes.

O líder geral do Hospital do Oeste, Ivanildo Oliveira, acredita que, a partir deste momento, com o aumento do número de casos confirmados na região Oeste da Bahia, é um alento garantir mais recursos e materiais básicos. “As doações dos produtores rurais e da iniciativa privada nos dão mais força e condições materiais para que os nossos profissionais, que estão na linha de frente, possam enfrentar um possível aumento de atendimentos durante a epidemia”, afirma.

Na terça-feira, 19, foi a vez do Hospital da Mulher, também conhecido como Maternidade Municipal, receber lençóis e toalhas no intuito de reforçar o estoque destes materiais em caso de aumento da procura por atendimento médico-hospitalar. Para a diretora administrativa do Hospital da Mulher, Marta Maria Santos de Jesus Andrade, este tipo doação tem sido um reforço fundamental aos recursos que já disponibilizamos na unidade hospitalar. “Este é um momento único na história e temos que estar unidos em todas as unidades de saúde para prestar o melhor serviço para quem precisa”, afirma.

Para o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, este é o momento que os produtores rurais estão reunindo esforços para apoiar a sociedade durante a pandemia do coronavírus. “A entidade completa 20 anos, e sempre esteve diretamente ligada à responsabilidade social, com apoio a projetos sociais, principalmente nos municípios de atuação do setor agrícola. Neste momento, a entidade continua do lado da população apoiando quem mais precisa”, afirma.

Segurança – Na segunda-feira, 18, a Polícia Militar (PM) também foi contemplada com os tecidos e, em breve, os profissionais da segurança pública, que também não podem se ausentar dos seus postos, deverão usar máscaras 100% algodão destinadas pelos produtores baianos. A Abapa vem doando um total de 70 quilômetros de tecido 100% algodão para prefeituras, instituições do terceiro setor e voluntários em toda a Bahia para a confecção de até 700 mil máscaras que serão distribuídas gratuitamente para o uso da população como forma de prevenção ao novo coronavírus. As ações sociais da Abapa contam com a parceria do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e do Fundeagro.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br