Agência da CEF de Barreiras retarda a abertura em uma hora
  • Compartilhe:

Um ato para ficar na memória e mostrar a força dos bancários contra a proposta de abertura de capital da Caixa e qualquer outra tentativa de privatização do único banco 100% público do Brasil.

caixa

Fonte Delegacia Sindical dos Bancários de Barreiras e região

Um ato para ficar na memória e mostrar a força dos bancários contra a proposta de abertura de capital da Caixa e qualquer outra tentativa de privatização do único banco 100% público do Brasil.

Além de ser o maior banco publico do mundo, a caixa é um dos principais responsáveis pelo financiamento de programas sociais do governo, como Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida, e ainda tem participação ativa no desenvolvimento do país.

Por ter consciência da importância do banco, os diretores da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe e do Sindicato dos Bancários da Bahia realizaram hoje paralisação em algumas agências, referente ao Dia Nacional de Luta em defesa da Caixa 100% pública.
No ato, os bancários e bancárias da CEF, trajando roupa preta, se colocaram contra a abertura do capital da empresa, anunciada pelo governo federal no final do ano passado.
Aqui em Barreiras, a exemplo de outras cidades, a mobilização retardou em uma hora o expediente nas unidades, que só iniciou os trabalhos às 11h.

Jornal Nova Fronteira