WWF Brasil lança filme com alerta: o que será do Grande Sertão sem as veredas?

Publicada em 27/11/2017 às 09:21

 

JB Press House

Em agosto deste ano, o WWF-Brasil percorreu mais de dois mil quilômetros entre o norte de Minas Gerais e sudoeste da Bahia, registrando histórias de resistência, cooperativismo e a força da cultura do povo sertanejo, eternizado na obra de Guimarães Rosa: Grande Sertão Veredas. Mas no lugar dos rios e matas que servem de paisagem para essa história de amor, amizade e companheirismo, a equipe do filme “Grande Sertão:” encontrou desmatamento, queimadas e devastação.

No ritmo com que a destruição alavancada pelo agronegócio acontece na região, as veredas estão sendo destruídas – e há risco de faltar água de superfície na região dentro de vinte anos. O futuro aponta para um Grande Sertão, sem as veredas.

Mas que sertão é esse?

Entre chapadas e vales, com uma vegetação que varia entre formações florestais, campestres e savânicas, o Cerrado ocupa ¼ do território nacional, se estende por onze estados mais o Distrito Federal, abriga 5% da biodiversidade do mundo e 30% da biodiversidade brasileira.

Para fazer frente ao desafio de proteger o bioma e as águas de todo o Brasil, o WWF-Brasil investe em comunidades agroextrativistas originais da região. Trabalhando em cooperação, as comunidades tradicionais oferecem uma alternativa sustentável para desenvolvimento da região – além de conseguir ampliar a produção e encontrar novos mercados para seus produtos, alcançando até o mercado internacional.

O resultado dessa jornada está no filme Grande Sertão, que será lançado na próxima quarta-feira, na Cervejaria Criolina, em São Paulo/SP, a partir de 18h. São vídeos, fotos, textos, ilustrações que relatam as histórias dessa população e as ameaças ao Cerrado Brasileiro.

Lançamento na Cervejaria Criolina

O lançamento do vídeo e da narrativa multimídia que contam a história do Grande Sertão acontece na Cervejaria Criolina, em uma noite que evoca o universo deste centro sertanejo do país. Além da projeção do vídeo, haverá uma exposição de fotos da região e expositores com comidas e cervejas inspiradas nos sabores do Cerrado.

O som será comandado pelo músico e DJ Cacai Nunes, responsável pela trilha sonora do vídeo, e que vai levar as pick ups diretamente da sua Kombi 73, para mais uma edição do Forró de Vitrola.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br