Regiões de Planejamento e Gestão das Águas do Oeste da Bahia é tema de mais uma publicação do Projeto Cerrado

Publicada em 02/04/2018 às 07:27

 

Ascom Sema

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) lançam o atlas Rio Corrente e Riachos do Ramalho, Serra Dourada e Brejo Velho – Regiões de Planejamento e Gestão das Águas. O título faz parte de uma série de publicações do Projeto Cerrado, realizado pela parceria entre o Governo do Estado, Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) e Banco Mundial, e está disponível para download gratuito no site da Sema.

O atlas apresenta uma compilação de mapas, dados e textos sobre as Regiões de Planejamento e Gestão das Águas (RPGAs) do Oeste da Bahia e reúne diversos temas relacionados à gestão do meio ambiente e recursos hídricos. Informações sobre os principais cursos dos rios e seus afluentes, tipos de solo, características da vegetação, barragens e poços, constituição e composição das paisagens, áreas protegidas e prioritárias, unidades de conservação, povos e comunidades tradicionais e delimitações de áreas de relevância ambiental que auxiliam no fortalecimento e dinamismo das atividades voltadas para a conservação são apresentadas.

O conteúdo vai subsidiar a atuação de gestores e membros dos Comitês de Bacias Hidrográficas (CBH), profissionais dedicados às questões dos recursos hídricos e demais interessados no tema. A publicação impressa será distribuída por oficinas de entrega qualificada nos comitês de Bacias Hidrográficas, oportunidade em que os conteúdos serão explanados, com o objetivo de instrumentalizar a sociedade civil para a gestão participativa dos recursos hídricos.

De acordo com o diretor de Políticas de Biodiversidade e Florestas da Sema, Murilo Figueiredo, “o atlas é uma oportunidade para os integrantes dos comitês de bacias terem acesso a dados mais qualificados da sua região, pois contém uma série de informações tanto para a parte de planejamento, quanto para a de gestão das águas, ampliando o cenário para outras ações que podem ser desenvolvidas dentro desses diagnósticos identificados e relatados no material”.

O atlas Rio Corrente e Riachos do Ramalho, Serra Dourada e Brejo Velho – Regiões de Planejamento e Gestão das Águas no Estado da Bahia é um dos seis títulos que o Projeto Cerrado está entregando ao público, todos disponíveis para download gratuito na internet, no site da Sema.

“A ideia da produção desses materiais é democratizar as informações socioambientais que a Sema detém, disponibilizando-as para a sociedade. Desta forma, torna-se possível auxiliar os atores nas tomadas de decisão, qualificando os debates e a participação”, afirma Jamile Trindade, especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Sema.

O Projeto Cerrado é fruto de uma parceria entre o Governo Brasileiro e o Reino Unido, sendo o Estado da Bahia beneficiário do Acordo de Doação firmado entre Banco Mundial (BIRD) e a Fundação Luis Eduardo Magalhães (FLEM), com aporte de recursos doados pelo Department for Environment, Food and Rural Affairs (DEFRA), órgão do Reino Unido. A Sema é responsável pela coordenação geral do projeto, cuja execução ocorre em parceria com o Inema, sob a supervisão do Ministério do Meio Ambiente.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br