O Jornal

O Jornal • Um pouco de história

O dia 9 de dezembro de 1989 foi uma data especial para Vitor Emanuel Lena e Sidney Marcelo Campestrini. Eis que exatamente naquele dia eles viam um sonho ser concretizado. Circulava pela primeira vez na cidade de Barreiras o jornal NOVA FRONTEIRA. Fruto de um desejo de dotar a cidade de um jornal, pequeno no formato, mas grande nos propósitos, o Nova Fronteira, à época, veio preencher uma lacuna existente nos meios de comunicação social da cidade, uma vez que apenas as emissoras de rádio (em número de três) exerciam esta função.

Como em todo início, foram tempos difíceis tentando fazer com que a comunidade, que já estava desacostumada com jornal local (o último havia deixado de circular a alguns anos) entendesse a importância que tem a comunicação escrita para a promoção social. Entretanto bastaram algumas edições caprichadas para que o Nova Fronteira caísse nas graças da comunidade barreirense e fosse por ela eleito como um ente indispensável para registrar, no papel, sua própria história.

E até hoje – e lá se vão 25 anos de presença constante e ininterrupta junto a comunidade barreirense – o Nova Fronteira jamais deixou de circular. Nem quando, em 1991, um de seus sócios fundadores – Vitor Emanuel Lena – foi assassinado, e o outro sócio – Marcelo Campestri – teve que viajar para a Europa para não ter a mesma sorte.

Pois foi nesta ocasião traumática que, para não deixar a bandeira cair, Vinícius Azzolin Lena, (pai de Vitor) e Eduardo Lena (irmão) e sua esposa Leila Ribeiro do Carmo, assumiram a direção do jornal que hoje, felizmente, já é parte inerente da sociedade barreirense de forma indiscutível e indispensável.

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br