Especialização gratuita abordará Gestão da Inovação Tecnológica e Social

Publicada em 02/12/2016 às 15:53

ufob

 

 

 

Ascom Ufob

 

 
É crescente a demanda no mercado de trabalho por profissionais com perfil empreendedor, autônomos e detentores de competências múltiplas, capazes de mobilizar recursos criativos e financeiros e articular redes de capital social diversificado. Para auxiliar na formação dessa mão de obra, a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) criou o Curso de Especialização em Gestão da Inovação Tecnológica e Social (POSGITS), no Centro das Humanidades, no Campus Reitor Edgard Santos, em Barreiras.

A pós-graduação tem por objetivo desenvolver a cultura da inovação como base da criação de valor econômico e humano. No curso, serão apresentados, dentre outros, conceitos e ferramentas para o desenvolvimento de produtos e serviços que permitam identificar oportunidades tecnológicas e mercadológicas; estratégias de cooperação; práticas adequadas para mapeamento, seleção e gerenciamento de fornecedores e instituições parceiras para projetos de cooperação tecnológica. Também serão estimuladas a cultura da inovação e a absorção de novas tecnologias.

A Especialização é gratuita e voltada a multiprofissionais nas áreas da administração, economia, engenharia, contabilidade, além de diretores de inovação, desenvolvimento ou P&D, gestores, técnicos e desenvolvedores de produtos, e todos os agentes envolvidos no processo de inovação. As aulas começarão no primeiro semestre de 2017 e acontecerão quinzenalmente às quintas e sextas, das 19h às 22h, e aos sábados, das 8h às 12h. O edital, com informações sobre a inscrição e o processo seletivo, será publicado em breve.

O conteúdo é dividido em 14 disciplinas nos módulos Fundamentos da Inovação, Inovação Competitiva e Inovação Aplicada e Propriedade Intelectual, com carga horária total de 420 horas. O trabalho final do curso implica em três opções: a) apresentação e entrega de uma monografia numa das temáticas do curso; b) no desenvolvimento de uma inovação tecnológica e a redação e depósito do pedido de patente ou produto tecnológico correspondente; e c) publicação de artigo científico em revista indexada com, no mínimo, Qualis B3.

1 Comentário

  1. joão de deus ferreira disse:

    COP 13 EM CANCUN

    CONFERÊNCIA DE CANCUN NO MEXICO, vem falar de convênio sobre diversidade biológica, e o esforço para proteger ecossistemas que se baseiam em segurança alimentar, acesso a água, e a saúde de bilhões de pessoas.
    ONU baixou o tôn. Da trilha sonora que invadia os tímpanos das pessoas quando se ouvia CO2, era dissonante para aqueles que tanto lutou.
    E agora parte para a legitima a verdadeira ação antagônica ao aquecimento global.
    É notório de cada conhecedor do sistema, que os biomas sofreram ações enormes ao seu desenvolvimento e depende da capacidade de projeto, que vá oferecer há esse sistema um trabalho honrado a que se destina o meio ambiente.
    OS CONFERENCISTAS falam dos planos econômicos e financeiros para salvar a biodiversidade. Quem fala em salvar o Planeta, deveria mostrar as suas ferramentas, só conversa e dinheiro não ataca o aquecimento global.
    PARA atacar o aquecimento Global, é necessário que eles mostrem ou façam ver resultados de Economia Verde, que no prazo de noventa dias o seu investidor veja que Meio Ambiente faz realmente movimentar a Economia Verde em seu estado.
    O projeto Economia Verde vai aumentar a vasão dos igarapés perenes, e fazer jorrar os temporários, e consequentemente os rios com seus respectivos viveres para alimentar ricos e pobres.
    O BRASIL VAI DEFENDE BIODIVERSIDADE e o setor produtivo na COP 13 em CANCUN NO MEXICO, O MINISTÉRIO DE MEIO AMBIENTE terá que mostrar projeto de defesa ao meio ambiente, para que brasileiros possa acreditar em tudo aquilo que vocês diz ou escreve, políticos ou senadores foram a COP21 em Marrakesh, só com a cara e a coragem de onerar a nação sem conhecer nada de meio ambiente
    O ECOSSISTEMA sem mostrar ferramentas inibidoras para grandes desmatadores em vários Estados deste País, o ecoturismo é uma grande piada, agricultura sustentável só existe no nome, os produtos agrícolas são de baixa qualidade e não tem preço.
    ENQUANTO isso as condições das florestas são gravíssimas, cortadas de estradas madeireiras, nascentes aterradas e rios morrendo por ação do homem.
    OS OCEANONOS dissolvendo os esgotos que a COP13 não menciona, as águas doces recebem esgoto e lixo e o desaparecimento dos viveres, e as espécies silvestre, e a fauna estão morrendo por fome e sede e água ruim, tudo esses animais representa a cadeia alimentar, e estão desaparecendo por falta de homem nos seus respectivos poderes,
    ATENCÃO GOVERNOS FEDERAL E ESTADUAIS tentaram desmoralizar JD e eu joguei no papel, (JOÃO DE DEUS FERREIRA DESAPARECIMENTO DAS PROTÉINAS).
    O MINISTRO LUIS ROBERTO BARROSO agiu como um Deus, que decide e determina entre o bem e o mal, e seguiu o PAPA Francisco que mandou perdoar o aborto, e adora gays, qual a próxima ministro, está elogiando alguém ou é ordem do chefe da igreja católica LUCIFER.
    BRASILEIROS abram bem os olhos que vocês não são bobos, nessa crise e com a recaída da ONU em enxergar o verdadeiro meio ambiente, não vendam as suas empresas ou façam parcerias com estranhos, cuidado com altos golpes, as coisas vão melhorar com a saída de muitos políticos ruins.
    PARA OS GOVERNOS DO NORDESTE E SUDESTE se realmente vocês querem ver água jorrando façam uma vaquinha e teste um homem que vocês acham que sabe algo de meio ambiente, e não se escondam da população.

    João DE DEUS FERREIRA- O HOMEM

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br